Valença do Piauí, 23 de abr, 2021

Internauta chama a atenção para pneus abandonados em Valença

Internauta chama a atenção para a grande quantidade de pneus abandonados nas oficinas

O portalv1 reproduz o email do internauta Fernando Oliveira, que escreve ao portalv1 alertando sobre os riscos de uma epidemia de dengue em Valença. De acordo com o internauta, as autoridades municipais da área de saúde não estão atentando para os riscos de uma epidemia de dengue na cidade. Ele chama atenção especialmente para a grande quantidade de pneus abandonados nas oficinas de Valença.

Dados da Sesapi apontam que o Piauí registrou um aumento de 50% nos casos de dengue para o mês de janeiro: em 2010 foram 386 cas

os, em 2011 já somam 579 registro.

A secretária estadual da saúde Lilian Martins afirmou que a Sessapi estuda premiar as melhores iniciativas de combate a dengue, como forma de movimentar as secretarias municipais a encarar o combate a dengue com a atenção que a mesma merece.

Confira o email do nosso internauta e aproveitando a oportunidade nos colocamos a disposição dos nossos internautas para sugestão de pautas e assuntos que julgarem importantes. Nosso email é [email protected]

“Nesse período de chuva, sabemos dos ricos da dengue em nossa cidade, mais mesmo assim pessoas informadas como as autoridades de nossa cidade parecem não enxergar a realidade, na qual pude observar andando pela cidade é que as borracharias estão cheias de pneus jogados a céu aberto pegando chuva e servindo de criadouro de mosquitos da dengue e colocando a nossa população em rico”. Obrigado

zp8497586rq
4 Comentários

Fatima Sousa

a saude de valença tá um caos mesmo, medicos trabalham tres dias ganham 7 mil reais, as praças parecem aras cheios de animais, a dengue e a gripe estão tomando de conta da cidade, e o secretario walfredo parace que ta apenas preocupado em fazer campanha politica. onde ta o ministerio publico de valença que nao se pronuncia. isso é uma vergonha

06 fev, 2011

Lara

Também concordo!! O engraçado é que qunado sai concurso no edital consta 40 horas trabalhadas e esses médicos só trablham 20 hs…Os políticos de Valença só querem colocar a mão na grana e mais nada…São todos iguais.

08 fev, 2011

francisco otavio

A saude publica não exsite em Valença por conta desta absurdos e alem de uma secretaria que não funciona.
Esta na hora da Camara Municipal se pronunciar a respeito da epidemiade Valença.

08 fev, 2011

Regina

A população também tem que fazer sua parte no combate dos criadouros do mosquito da dengue,limpando os seus terrenos e quintais,pois a população tem que ficar atenta a suas obrigações,para poder também cobrar do poder publico.gostaria de saber também quais são as medidas que a secretaria municipal ta fazendo para combater um risco de epidemia de dengue.pois não se admite que por falta de educação de uns todos paguem.o que a secretaria de saúde devia era aplicar uma multa nesses proprietarios de oficinas e terrenos que estão servindo de criadouro do mosquito da dengue.

08 fev, 2011
Comentários fechados.