Portal V1

Internauta envia email e reclama da confecção de carteira estudantil

06/10/2011

O portalv1 recebe e repassa o email da internauta Samara Dantas sobre as carteiras estudantil de Valença.

“Queria aproveitar a liberdade do portalv1 para deixar uma observação sobre a tentativa anual de certas pessoas em usufruir dos valencianos dinheiro com suas propostas de salvação etc. Falo das carteiras de estudantes  ou melhor das pessoas envolvidas nesse assunto. Vi o Washington e o vereador Lindomar Amâncio pela rua e mim perguntei se seria uma nova tentativa de abordagem para colocação das carteiras estudantis em Valença.

Em minha opinião, nada mais é de que aproveitar a generosidade do povo valenciano para ganhar dinheiro fácil, uma vez que durante todo o ano não se fala nada e os estudantes não tem absolutamente nada em troca, ou seja, uma entidade para representá-los.

Fico perguntando se não existe autoridade para repelir essas manifestações que são claras e visam apenas beneficiar financeiramente os envolvidos. Porque os alunos não são atendidos em nada, sem falar que inibe os promotores de eventos em realizar grandes atrações. É preciso acabar com isso em Valença. Minha tristeza é que essas pessoas são acobertadas por autoridades que deveriam ir contra essa pratica e não se beneficiar ou transformar sua casa em fabrica de carteira. Fica aqui meu protesto”

Compartilhe

20 Comentários

  1. Francisco Alves em 06/10/2011 às 17:45

    Engraçado que nos outros lugares agente tira a carteira estudantil é no começo do ano letivo, aqui em Valença é no fim kkkkk
    é só pra inludir os bestas dizendo que vão ter direito a meia entrada nas festas do crovapi no natal.

    • Francisco em 07/10/2011 às 17:51

      Já estou cansado dessa ladainha de carteiras de estudantes. Sabe – se que o então vereador Lindomar Amâncio gosta muito de criticar as pessoas, denegrir a imagem das pessoas. Quem não lembra do episódio Telma Lima, do diretor da Fm cidade, do Erismar Leite…Gostaria que o nobre vereador e seu coleguinha dessem uma resposta para a população valenciana, pois é sabido do golpe das carteirinhas. O povo não é mais bobo!! Queremos explicações.

  2. Prof. Daniel em 06/10/2011 às 18:13

    Muito bem!
    O impressionante é que sempre as coisas se repetem e ninguém toma providências, pelo contrário, apoia.

  3. kesia em 06/10/2011 às 18:16

    Meus amigos estudantes uma declaração vale mais do que essas carteirinhas la em Teresina as carteirinhas é de graça, não acredito que vocêsvão cair nessa de novo ele só vem buscar o dinheiro de vocês, uma declaração do colegio assinada pela diretora e vale mais do que essas carteirinhas…..e o que era Washington e o vereador Lindomar Amâncio…

  4. Emanuel em 06/10/2011 às 21:47

    Mas ele tem uma carteirinha né? Assim quem não entende sou eu…. Por que ainda cair nessa?

  5. Antonio Santos em 06/10/2011 às 23:03

    Quem começou essa historia de carteira em Valença Samara foi pessoas de Valença só que não houve o apoio necessário. Parabéns por tocar nesse câncer.

  6. Juçara Sousa em 07/10/2011 às 07:47

    Isso tem duas finalidades dinheiro para as festas de final de ano e verba para a campanha.

    • Maria do socorro em 07/10/2011 às 13:39

      Cara Jussara, eu estava no movimento estudantil em 1995, quando o então estudante Lindomar amancio apoiou a propposta da meia entrada estudantil em valença, através de seu programa toque social na rádio Confederação Valencina, e acompanhei seu esforço na defesa desta proposta em 2007, quando o vereador Joaquim Filho apresentou o projeto de lei da meia entrada estudantil, que tão bem foi defendida pela vereadora Ielva melão. o que é que tem de errado agora ele defender isto como vereador?

  7. GEOVANE VIEIRA em 07/10/2011 às 08:34

    Generosidade do povo valenciano, nesse casa se refere a ingenuidade do povo valenciano… Os estudantes precisam acordar, já tivemos grandes conquistas no movimento estudantil.

  8. Vermelho em 07/10/2011 às 11:38

    Caros estudantes não podemos nos desiludir com o movimento estudantil, ele é serio, muito serio, ele busca e sempre buscou melhorias para nossa sociedade, já derrubou generais, pediu o Impitimam de presidente enfim sempre foi muito ativo na vida política do pais. O que se tem neste caso são pessoas (Washiton) que se dizem estudantes que esta tentando se apropriar do que é de fato e de direito dos estudantes que são as carteiras de identificação estudantil, carteiras estas que devem financiar o movimento estudantil e não a vida de certas pessoas. O que deve ser feito pelos estudantes é se unirem e quebrarem as suas “algemas” e partirem para luta e serem, sobretudo independentes!! FÉ NO MOVIMENTO

  9. Kassio em 07/10/2011 às 11:53

    que papelão se presta o vereador lindomar amancio, em se juntar com gente desse nivel, vereador tem coisas mais importante para se fazer por nos estudantes, estou revoltador com esse tipo de autoridades em valença.

  10. Valdete Feitosa e Moura em 07/10/2011 às 11:57

    Não acredito que os estudante de Valença vão cair nesse conto do vigário novamente!!

  11. Daniela Santos em 07/10/2011 às 12:32

    kkkkkkkkkkk esse povo de Valença que se diz ser inteligentes e espertos ainda pagam algo pra adquirir uma carteirinha estudantil? coisa que é de direito de todos estudante ter gratuitamente… Não acredito!!!

  12. Neto Tenório em 07/10/2011 às 14:17

    Olha cara, na verdade isso ai ja foi tema de muitos debates em Valença. Mas o negócio é que nenhum estudante de Valença que mora e estuda em Valença pega essa causa pra debater com a Câmara Municipal, temos um portal que apoia, beleza, mas precisamos ir além, a exemplo dos estudantes aqui de Teresina, mexeram na ferida mais cancerosa do nosso estado, o SETUT, porém, uma instituição até então muito organizada e conquistava o que queria, mas os estudantes deram um basta neste festival de dinheiro arrecadado por eles, baixaram a passagem e estão fazendo uma auditoria dentro do Sitema de Transporte da Capital, acreditem, podemos mudar essa prática e essa mania de alguns ter mais que os outros usando de má fé.
    Contem comigo. . .

  13. Eugênio em 08/10/2011 às 11:10

    O movimento estudantil já teve muitas conquistas isso é verdade, como disse o Geovane, mas tem uma coisa, que para Valença essa conquista nunca chegou e essa negócio de dizer que é ingenuidade dos valencianos é de gente de mente pequena, haja vista que para Valença essas mudanças nunca veio. só basta lembrar que no ano passado quem tinha carteira não pode comprar ingresso pela metade. Só vejo conversa mole.

  14. Carlos Wagner da Silva Rosa em 09/10/2011 às 11:17

    Realmente concordo que a carteirinha é um direito do estudante, e temos que preservar por esse direito conquistado com muita luta, mais não podemos deixar de lembrr a todos os estudante de Valença que a carteira estudantil tem que ter validade em todo território naional e isso muito me estranha por que me disseram e diga-se de passagem vou averiguar a veracidade desta noticia que a carteira apresentada por este cidadão de Picos tem a sua validade restrita a região de Valença, Oeiras,….. e Picos, se for verdade esta informação me manisfestrei contra a expedição desta carteira por este cidadão. E apoiarei os estudantes lhes incentivando a procurar a salvo engano CEMEI em Teresina, por que esta sim tem na sua impressao o enuncidado (valido em todo territorio nacional), a dos estudantes universitarios eu tenho certeza que tem este enunciado.
    Caros amigos estudantes valencianos ou valençanos como queiram, não se deixem enganar por essas pessoas que só aparecem nas vesperas dos festejos de Valença por que será?
    Um abraço a todos e fiquem de olho aberto.

  15. Márcia em 09/10/2011 às 11:47

    A carteirinha de estudante é importante, quando se tem uma representatividade legal, perante a sociedade, agora cabe ao estudantes de Valença começarem a manifetsar o pode que eles tem, porque é inadimissível é que uma cidade com tantas estudantes ainda fique a mercês de pessoas que ganha a vida fazendo carterinhas.Procurem a lei municipal que rege a carterinha de estudante da cidade e vão atras de sus direitos, é lei o estudante pagar meia em qualquer evento e isso em Valença não acontece, estudantes abram a mente,não tente proteger os grande empresários, procurem seum direitos.Reivindiquem suas carteirinhas de estudantes,mas antes fortaleçam o verdadeiro movimento estudantil, que deve partir de dentro das próprias escolas, me deculpem vocês estão acomodados! Viva o movimento etsudantil, gritem, porque não fala não sente as correntes que lhe prendem! Corram atras dos seus direitos

  16. Radames Teixeira em 10/10/2011 às 09:14

    É muito bom essa observação sua Carlim e lhe peço que olhe pela classe. Essa historia de carteira estudantil em Valença todo ano é a mesma coisa. Uns querendo ganhar dinheiro e outros dividendos políticos. É preciso verificar e denunciar esse tipo de pratica. O movimento estudantil não é apenas pagar meia entrada em festas. Espero que nosso prefeito não fomente essa idéia e que nossos vereadores repudiem essa tentativa absurda de estimular nossos estudantes com promessas de estrada em festa mais barata. Que tem como conseqüência o consumo de bebidas drogas e a prostituição infantil. Rogo aqui aos vereadores de bom senso que veja isso principalmente ao vereador Joaquim filho e a vereadora Ielva que recentemente aprovou um projeto para a nossa juventude que tem outra finalidade. Apoiar isso é ferir a biografia política as véspera de uma eleição portanto juízo vereadores e prefeito

  17. Allana Mágda em 10/10/2011 às 11:02

    Prezado Sergio,
    Sou estudante secundarista e reconheço que a meia-entrada estudantil é alem de um direito uma necessidade nossa, sobre tudo dos menos favorecidos.
    Gostaria que o repórter postasse o meu comentário, pois de cerca de 600 estudantes já consultados quase 100% é a favor da modificação da lei para efetivação da meia-entrada estudantil.
    .
    Muito obrigado

  18. Neto Tenório em 10/10/2011 às 17:03

    Gente, não basta ter um representante pra tá tirando onde de bom pastor não, a legislação do municipio é que tem que dá um basta nessa hostilidade absurda que se vê e que se planta na cidade. Estudantes, procurarem a câmara Muncipal, não é necessário selar ai um pacto politico com vereadores não, é so pedir uma audiência e explicar o que está acontecendo e denunciar, eles estão ai pra ouvir a população no seu maior eixo e se não forem ouvidos, Ministério Público Estadual, ai mesmo em Valença é só isso.
    Execer a cidadania não é tão dificil, não é preciso ter medo de promotor de policia, sei que é dificil é lhe dá com uma situação dessa, ser estudante e nem se quer ter uma identidade pra tal.
    SALVE A LIVRE EXPRESSÃO “CIDADANIA”.

Deixe seu comentário