Valença do Piauí, 02 de mar, 2024

iPad mini no Brasil, mais caro do mundo

ipad-mini

Segundo dados da IT Data, empresa de consultoria, entre o valor de importação do iPad mini e o valor que ele tem hoje nas lojas do Brasil, a diferença é de 115%, para mais.

Hoje, o iPad mini

é importado pelo valor em dólares de 272, chegando ao cliente com aumento entre 65% a 70% de seu valor, por passar por diversas cadeias de impostos de importação, como o IPI, de 15%, PIS/Cofis, de 9,25%, mais margem da Apple, distribuidor, operadoras e varejistas o resultado é este valor alto.

De acordo com informações da empresa Apple, o novo dispositivo móvel já é disponível para a venda em mais de cem países, muitos dos quais não apenas em lojas da Apple e também ou só por revendedores, como é o cãs do Brasil, por exemplo. Aqui as operadoras de telefonia móvel e lojas grandes no setor de eletrônicos iniciaram concomitantemente a venda do novo iPad mini.

A IT Data, que é uma empresa que presta consultoria para tecnologia explica que o iPad mini que se vende no Brasil é o importado. Um número superior a 10 mil destes tablets da Apple, versões de 16 GB, 32 GB e 64 GB, vieram em importação apenas no mês de maio deste ano, de acordo com a IT Data. Para Ivair Rodrigues, analista da IT, as pessoas não importariam se tivesse sendo produzido no país.

Ainda segundo o analista mesmo havendo a planta de Jundiaí da Foxconn, que é uma fabricante de aparelhos da Apple no Brasil, as pessoas importam os tablets, e a Foxconn já conta com certos dispositivos eletrônicos feitos na companhia inclusos em programas que recebem abatimento fiscal provenientes do governo federal.

Este abatimento é para o PIS/Cofis e IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados). O Estado de São Paulo retirou o benefício que concedia devido a atenção a solicitação do governo do Amazonas em prevalência da Zona Franca de Manaus.

Noticiasbr

0 Comentário