Valença do Piauí, 28 de maio, 2022

Íris Moreira anuncia desligamento do cargo de secretária de governo

A secretária de governo, Iris Moreira anunciou nesta quinta-feira (20) seu desligamento da Prefeitura de Valença. No comunicado divulgado nas redes sociais, ela elencou os motivos na sua opinião para seu desligamento da gestão municipal.

OS MOTIVOS DA MINHA DEMISSÃO:
1. Quando fui convidada a assumir a Secretária de Governo, demorei a aceitar porque as minhas atitudes sempre são baseadas nas Leis e sei o quanto um Prefeito é pressionado, principalmente no início da administração. Porém ele disse que precisava do meu trabalho. Confiante eu lhe falei das minhas condições…, disse que sou exigente quanto ao zelo com a coisa pública.” Esclareci esta parte porque fui uma Vereadora que sempre defendeu o povo, e sabia que teríamos uma oposição que faria de tudo para me afastar do Governo, pois se sentiria prejudicada pelos processos que teriam de responder.
 
2. Ao acertarmos tudo, assumi confiante de realizar um bom trabalho. Iniciei por aguentar todas as culpas do Governo em ter que dizer ” não” a muitos pedidos… Mas, assim fiz com a certeza de que estava baseada na lei e no zelo da coisa pública.
 
3. Fui chamada de Prefeita (ignorei). Acusada de pessoa ruim (fiquei triste), Incriminada de provocar os Vereadores da oposição (achei engraçado), apontada por colocar nos cargos pessoas da oposição (não coloquei, mas defendi alguns de competência comprovada e que já estavam; afinal a fidelidade sempre deve ser vista de todas as formas e, coroada pela consideração em certos casos supera a razão) suspeita de distribuir cargos com minha família (me senti poderosa), dentre tantas outras coisas, que nunca levei a sério. E assim de bem, superei e nunca senti nada como ofensas, até porque tenho minha consciência tranquila e as pessoas que falavam geralmente tinham algum motivo que seria: pedido ou mesmo desejo contrariado (aquela velha história: para mim pode ser assim… errado! É só para o outro) ou, era da oposição e queria me ver longe…
 
4. Eu sempre disse que enquanto estivesse como Secretária de Governo eu não assinaria e nem faria nada que fosse ilegal. Fui Vereadora e tenho o conhecimento das Leis que regem o Executivo, portanto continuaria como sempre fiz. Daria ao Prefeito o conhecimento do que era certo ou, errado (baseado na lei) e a decisão seria como sempre foi; dele. O que achava mais engraçado era que a culpa quando alguém não era atendido nas reivindicações sempre atribuíam a mim, como já falei, mas aceitei, para poupar o Prefeito e pelo bem da cidade que nasci, cresci, estudei, casei… nunca precisei sair daqui para ser o que sou.
 
5. Fiz esta explanação para que vc. tivesse ideia do que eu passei na Secretária de Governo. Tenho o conhecimento de que eu não precisava passar por esta situação de ser julgada, ofendida e não conto as vezes que meu esposo pediu para eu sair. Contudo não me arrependo de não ter escutado os seus conselhos (dele) porque tudo que aguentei foi por desejo de ver nossa cidade desenvolver. E ainda tenho fé.
 
6. Agora vamos aos motivos. Alguns dos Vereadores da oposição, falavam mal das ações do Prefeito e eu sempre defendia. Isto para eles era uma ofensa, pois deviam falar ao seu bel prazer e ninguém defender. O que de certa forma pode ser compreensível. “Alguns” precisam achar um meio de ser esquecido o passado e o estrago feito em Valença com suas participações como Secretários, sendo com isto também responsáveis pelo caos que ficou estabelecido na cidade.
 
7. Como Secretária de Governo, nunca desrespeitei nenhum deles. Sempre procurei responder ao pé da letra o que perguntavam. E lhe autorizo a pedir para ver o que foi perguntado e como respondi, como foram as respostas dadas a cada requerimento. Mas pelo visto, não era para responder para que eles tivessem razão para reclamar; contestar e, até mesmo abrirem processos como já fizeram em outras situações…
 
O certo é que com isto a desrespeitada fui eu, quando alguns deles em um grupo de whatsApp privado se aproveitavam para falarem da minha pessoa, inclusive usando termos pejorativos. E isto eu já provei.
8. O problema maior veio agora junto com o resultado de uma AÇÃO de quando ainda era Vereadora. Levei ao conhecimento da Justiça que os Secretários recebiam salários ilegais, e até fui amiga. Avisei antes que não era certo. Não ligaram. Depois que levaria ao Ministério Público. Debocharam e até Decreto falso foi emitido como justificativa. Por fim, fiz a denúncia e disseram que eu “- era doida e a Justiça não ia nem tomar conhecimento”. Resumindo: sempre avisei que eles teriam que devolver e era melhor fazerem isto ou negociarem o quanto antes. Agora chegou a cobrança, no momento estão com as contas bloqueadas. Podem recorrerem, é certo, mas teria sido bem mais fácil quando eu avisei e desconheceram.
Agora alguns foram fazer queixa ao Prefeito e informaram que fariam um protesto contra mim. Ele me avisou e eu respondi: – sem problemas da minha parte, que fiquem à vontade para protestarem o quanto quiserem. Não é meu este erro.
Mas o Prefeito hoje voltou a questionar porque eu tinha feito a ação. Respondi que na época era Vereadora e eles haviam recebido dinheiro ilegal; tinham que devolver. E disse mais ainda – e vc sabia; pois quando fui autorizar já este ano, lhe comuniquei e vc concordou…, lembra?
 
9. Na sequência o outro problema também foi gerado pela oposição e aconteceu hoje também o desfecho. Uma Vereadora disse que ia embargar uma obra, porque estava errado (e não está. Tudo foi feito de acordo com a lei e a mando do Prefeito. Melhor testemunho é perguntar ao empresário como tudo aconteceu.) Eu apenas cumpri o meu dever e o Prefeito fez tudo de forma correta até agora. Mas, por ter mais uma vez mostrado as falhas deles na gestão passada, a Vereadora veio enfurecida. E descarregou todo seu “veneno” contra mim. Mas até o momento sem problemas, sou imune.
 
10. só voltando ao ontem; quando comuniquei ao Prefeito que faria uma entrevista para explicar sobre a discussão na Câmara a respeito do aluguel do terreno e ele concordou e, nada mais falou…
11. Hoje ainda pressionado por eles (oposição) percebi o prefeito agitado. E após ouvir a entrevista da Vereadora no direito de resposta… Eu estava na minha sala atendendo pessoas, quando o mesmo começou a me fazer questionamentos em voz alta. Alguns respondi. Depois percebi que ele estava um pouco descontrolado e afirmou que havia telefonado para ela sim, para se aconselhar…, e ficou falando outras coisas que nem ouvi mais, porque fui tratando de arrumar minhas gavetas. Pois se ele falou aos gritos que telefonou para uma adversária para se aconselhar sobre o problema…
E veja, que eu havia falado com ele antes de ir para entrevista a seu pedido (dele), ele ouviu aprovou e agiu como se tudo estivesse bem…, então depois frente a reação dele hoje, entendi a afirmativa daquela forma, como a minha carta de demissão. Ele deixou bastante claro que não precisa mais da minha ajuda quando se aconselhou com adversários com se não confiasse na sua equipe de trabalho.
 
12. Na verdade eu estava ali, e tudo aguentei até então, para ajudar a ele e principalmente ao município. Repito que não precisava passar o que passei, agora sempre disse que aceito as missões dada por Deus, com este sentimento participei da gestão. Não estou arrependida e nem magoada, tenho a consciência de que ajudei muito no momento mais difícil que foi o início da gestão, inclusive ajudando nos pedidos feitos ao Senador Ciro, Deputada Iracema e o Deputado Júlio, a última foi sexta feira, o Prefeito sabe o que o Deputado Júlio veio fazer e, a pedido de quem.
Agora a partir do momento que o Prefeito se deixa influenciar por a oposição, chegando ao ponto de gritar… Até ficamos assustados; eu e os presentes. E não é drama, tudo aconteceu na frente de um Vereador, de funcionários e de pessoas que eu estava atendendo. Não preciso esconder nada. Não gosto de enganos. E volto a repetir, sei que contribui muito, como sei que o Prefeito tem esta consciência.
 
13. Sou uma pessoa que sempre busquei fazer as tarefas a mim confiadas com muita responsabilidade, não sinto culpa pelo ocorrido. Em todos os locais que passei sempre fiz um trabalho digno e nunca passei pelo constrangimento que passei hoje. Meu pai, meu esposo, nunca gritaram comigo de uma forma tão forte.
 
14. Sou uma pessoa inteligente e ele não disse claramente que estaria demitida, mas para um bom “entendedor meia palavra basta”, assim pelo que ele falou, entendi que foi feito uma opção de que prefere acreditar na oposição, como também entendi que com as palavras ditas era um pedido de que eu deixasse o cargo, já que não compartilho com as ideias por ela (oposição) propostas.
 
15. Não retiro nenhuma palavra do que disse ontem a respeito dele na minha entrevista. Ele é humano, honesto e se preocupa em fazer o bem para cidade, mas infelizmente escuta muito a oposição e pouco os correligionários.
 
16. Continuo torcendo por Valença, desejo que ele faça uma administração brilhante, porque como diz alguns Vereadores da oposição eu atrapalhava e eu quero é ajudar meu município e não atrapalhar. Agora a passagem está livre.
 
17. Politicamente, continuo fazendo parte do grupo do Prefeito, mas agora somente como uma simples eleitora, desejo que continuemos amigos, e que ele coloque um Secretário de Governo que não o atrapalhe tanto.
 
18. Agradeço a ele pela confiança depositada a minha pessoa durante este tempo e sei separar o administrador da pessoa, e como amiga vou procurar entender os seus motivos (dele), é uma pessoa por quem eu tenho consideração, inclusive vou prestigiar a entrada dele na Confraria do Divino Espírito Santo. Tenho presença confirmada.
 
19. Quero agradecer aos Vereadores: Devaldo, Vanildo, Benoni, Edilsa pelo apoio e os da oposição: Lívia, Rafaela, Ilana e a Presidente daquela Casa, Paula Geane, por fazerem uma oposição com responsabilidade. E parabéns aos outros vcs venceram. A quem vcs diziam que só atrapalhava saiu, por tanto agora mostrem trabalho pela cidade e deixem o Prefeito trabalhar, não serão mais “atrapalhados”.
 
20. O meu agradecimento final é a Deus, ao povo em geral e a minha família, aos amigos, em especial aos que tive a honra de trabalhar e vc que sempre esteve comigo. Vou agora me dedicar a minha empresa e a minha família. Boa sorte.
Iris Moreira
0 Comentário