Valença do Piauí, 27 de jul, 2021

Jarbas Matias continua no páreo para seguir a frente do hospital regional

Jarbas Matias

O atual diretor do Hospital Regional Eustáquio Portela Jarbas Matias continua no páreo para seguir gerindo o hospital regional pelos próximos dois anos. Jarbas Matias é um dos três classificados (Sabrina Lobão Coutinho Maia, Jarbas Nogueira Matias e Maria dos Remédios Vieira Noronha) para a próxima fase do teste seletivo imposto pela Secretaria Estadual de Saúde para escolher os novos diretores dos hospitais regionais e da Coordenação de Saúde (7ª Regional de Saúde).

A comissão de avaliação é formada por cinco membros, entre técnicos da Secretaria Estadual de Saúde e da Universidade Estadual. Nesta segunda-feira (07) começa a próxima etapa da seleção correspondente as entrevistas e na seqüência serão feitas as entregas dos currículos.

Para o cargo de Coordenador Regional de Saúde existem cinco candidatos Maria Dulce Dantas Marreiros Nogueira, Valderi Lopes de Lima, Maria de Fátima M.s de Moura Coelho Carlos Belarmeno e Franc

isco de Carvalho Dantas Filho. A Secretaria Estadual de Saúde promete divulgar o nome do novo diretor do hospital e da regional de saúde no próximo dia 17 de fevereiro.

Os hospitais regionais estão localizados nos municípios de Parnaíba, Floriano, Picos, São Raimundo Nonato, Oeiras, Uruçuí, Bom Jesus, Campo Maior, Piripiri e Valença. Já os estaduais ficam em Esperantina, Corrente, São João do Piauí, São Miguel do Tapuio, Canto do Buriti, Luzilândia e Elesbão Veloso. As Coordenadorias Regionais de Saúde são para as cidades de Parnaíba, Piripiri, Teresina, Campo Maior, Valença, Oeiras, Picos, Floriano, Uruçuí, São Raimundo Nonato e Bom Jesus.

O mesmo procedimento está sendo adotado pela Secretaria Estadual de Educação (SEDUC) para a escolha dos Coordenadores Regionais de Educação. No caso da SEDUC, as inscrições terminaram na última sexta-feira (04) e no próximo dia 11 de fevereiro serão divulgados os nomes dos concorrentes.

De 14/02 a 18/02 serão realizadas as entrevistas e no dia 25/02 será divulgado os nomes dos aprovados que irão trabalhar nas regionais de Valença, Parnaíba, Barras, Piripiri, Campo Maior, Regeneração, Oeiras, Picos, Floriano, Uruçuí, São João do Piaui, São Raimundo Nonato, Corrente, Bom Jesus, Fronteiras, Paulistana e Teresina.

zp8497586rq
3 Comentários

ivania da s. l.batista

gosto dr.jarbas matias para min ele e melho confio muito nele

08 fev, 2011

Simira V. Lima Veloso

Achei muito inteligente por parte da secretária de saúde esse reforma na gerencia dos hospitais do Piauí, o governo precisa nesse primeiro momento montar uma base sólida. Pra que tanto investimento sem a satisfação popular?? O bom administrador ele trabalha menos e trabalha com qualidade sabendo ministrar todo e qualquer setor de seu local de trabalho, não adianta se auto-sobrecarregar, é um suicídio contra sua própria capacidade. Dizem que a falta de médico “é o principal problema da saúde no Piauí” Será mesmo? Não adiantam 5 médicos de plantão se apenas 1 comparece. Esse é o mínimo dos problemas já enfrentados. Muitos recebem e poucos trabalham, e haja insatisfação, negligência, sobrecarga e despesas desnecessárias. E há quem diga, pra que mudar? ignorância? Não. Apenas você tem um plano de saúde e dinheiro para internar seus parentes em um ambiente “confortável” e aqueles que não tem?!! O governo precisa sim MUDAR e agora mais do que nunca, mudar pra valer. É a política inteligente, aquela que economiza, satisfaz e emprega pessoas capacitadas para administrar. Ninguém é super-homem, os hospitais funcionam como um xadrez onde O JOGADOR é o JOGADOR e a PEÇA é a PEÇA, quando ele se unifica um checkmat pode ser fatal. A mudança abala mas quando necessária acho que nada mais justo do que permitir que ela aconteça, cansei de ver o mundo evoluir e o Piauí continuar sendo um problema nacional!!

09 fev, 2011

francisco otavio

Esta na hora de Valença ter um hospital que realmente funcione com toda a estrutura necessário, coisa que não existe, saude publica é uma fracasso em todo o Brasil principalemnte num estado pobre como o Piaui. E necessario haver mudança e que seje para melhor. Pois o povo necesita muito.

10 fev, 2011
Comentários fechados.