Valença do Piauí, 14 de jun, 2021

Juiz Dr. José Wagner Linhares contesta Maria da Penha

O ex-juiz da Comarca de Valença Dr. José Wagner Linhares comentou nesta terça-feira (10), as declarações da farmacêutica Maria da Penha, que está no Piauí lançando seu livro “Sobrevivi, posso contar”, que relata a vida da mesma que sofreu varias agressões incluindo duas tentativas homicídios feitas por seu ex-marido que terminou por deixá-la paraplégica.

Maria da Penha que dá nome a Lei 11.340 afirmou que o Estado brasileiro ainda é muito machista, devido à timidez na elaboração de politicas publicas a favor da mulher e que juízes minimizam a pena aos agressores.

“Tem juízes que dizem que minha lei é maravilhosa, mas minimizam a pena de um agressor ou, quando saem da minha presença, dizem que há exageros na lei” afirmou. De acordo com o magistrado ela (Maria da Penha) não pode julgar sem conhecer as particularidades de cada caso.

“Ela não pode julgar as causas e não acompanha cada caso, para julgar os julgamentos dos juízes, que por tantas vezes aplicam sentenças contrariamente a pedido das vítimas que fica a pedir absolvição de seus agressores. Essa é a regra” disse.

 

jose vagner linhares
Dr. José Wagner Linhares

 

maria-da-penha-a-que-inspirou-a-lei--coletiva-161447165058
Maria da penha
0 Comentário