Valença do Piauí, 14 de jun, 2024

Júri Popular em Valença condena a 14 anos acusado de homicídio

Denizar Neves

O Tribunal do Júri da Comarca de Valença condenou Denizar Neves de Lima a 14 anos de prisão pelo homicídio de José Luiz Santo, cometido em 7 de março de 2016.

A vítima de 62 anos foi morta com 20 facadas durante uma briga no assentamento Bom Princípio, zona rural de Lagoa do Sitio. Denizar Neves confessou a autoria do crime, mas afirmou que o ato foi cometido em legitima defesa, tese que não foi aceita pelo conselho de sentença formado por dois homens e cinco mulheres.

Atuaram no julgamento, Dr. Alexandre Noleto na defensoria e o Ministério Público foi representado pelo Dr. Luiz Antônio. A presidência dos trabalhos ficou a cargo do juiz titular da Comarca Dr. Juscelino Norberto.

0 Comentário