Valença do Piauí, 25 de fev, 2021

Mais confusão: Advogado Pede Embargo de Creche em Valença.

damasioO advogado Damásio Araújo entrou com uma ação no Ministério Público de Valença pedindo o embargo das obras de construção da Creche, que está sendo construída ao lado do Estádio Gaudêncio Veloso, fruto de uma parceria entre a prefeitura municipal e o Fundo de Desenvolvimento da Educação (FNDE).

A obra vem causando muita polêmica uma vez que a construção invadiu a Rua Professor João Soares e trouxe muitos transtornos à comunidade que se utiliza diariamente da rua, que dar acesso a inclusive a própria prefeitura municipal.

O advogado reclama que a prefeitura sabia que o espaço do terreno não era suficiente para receber a creche, mais mesmo assim deu continuidade a obra sem consultar o Poder Legislativo.

O advogado além de pedir o embargo da obra solicitou da promotora Verônica Sales que seja realizada uma consulta a Câmara Municipal para decidir sobre a legalidade ou não da invasão da rua pelo Poder Público Municipal.

O secretário Municipal de Obras Antônio Gomes disse na semana passada ao portalv1, que o prefeito autorizou a construção da creche, mesmo sabendo que o terreno era pequeno demais.

Veja a entrevista do advogado ao repórter Welton Ferreira e dê sua opinião sobre o assunto

7 Comentários

José Nogueira

Até que em fim apareceu alguém que não fica só nas ameaças, é preciso agir contra as coisas que estão erradas em Valença, parabéns dr Damasio pela iniciativa, mais lhe peço fique atento para a harmonia excessiva entre os poderes em Valença.

20 maio, 2010 Responder

LOURIVAL DE MOURA SOUSA

Parabens,Dr.Damasio por ter dado entrada com embargo na construção da creche, mas fico procurando alguma obra feita pelo Prefeito em nossa cidade e não encontro. No dia que tenta fazer alguma, ainda é sem planejamento. SUGESTÃ: Deveria doar aquele terreno da creche para o CROVAPI, o único clube que tem em Valença e merece mais atenção por parte do poder Municipal, construir outro estádio de futebol em um local mais amplo,e construir a creche no local do estádio. Caso não queira doar o terreno para o CROVAPI, abrir a rua que passa ao lado do estadio(caso faça outro estádio), pois sòmente assim, a R.Prof.João Soares ficaria completa,sem desvio, e aumentava o terreno para construção da creche no local que esta sendo realizada.

21 maio, 2010 Responder

vicente izidorio soares

A prefeitura de Valença não planeja corretamente suas obras. Até porque, quando se trata da prefeitura de Valença, tudo acontece de forma muita amadora. Isso é um problema antigo.

Não vejo motivo para que a obra seja embargada. E não estou justificando o erro da prefeitura, mas acho que estão fazendo tempestade em copo d’água porque todos os valencianos sabem que essa rua tem um trafego muito pequeno de pessoas e também de veículos.
Acho louvável a preocupação DR Damásio mas, acho que ele esta desprendendo energia desnecessário nessa questão, porque se o DR quiser usar o seu conhecimento para o bem de Valença, existes muita demandas precisando de pessoas assim, com o nosso nobre advogado. Temos três postos de lavagem de veículos descartando resíduos contaminado para o rio caatiguinha. Temos também a invasão das matas ciliares do olho d’água e muitas outras demandas precisando de ação do ministerio publico.

21 maio, 2010 Responder

miskoo

Será que o o nosso prefeito tava querendo economizar o dinheiro do terreno?

21 maio, 2010 Responder

Gregorio Araujo

Temos que parabenizar o dr: Damazio, e ficar-mos atentos com as negociações que possa vir por aí com o poder legislativo. Porque quem deveria ter feito isso era a propria câmara mas com medo de perderem votos, claro!! Se omitirão.

21 maio, 2010 Responder

francisco otavio

Pelo menos algumem teve coragem de falar sobre muitos erros que acontece em Valença que a mesma tem poucas pessoas,de visao fazer obra invadir a rua parsa mim é novidade.
A coisas que so acontece em Valença temos que repensar esta cidade tão pobre de planejamento.

24 maio, 2010 Responder

Carlos Cézar

Ô Damasio deixa de espetaculo deixa o homem trabalhar,isso é só pq ele não te deu a assessoria juridica da PREFEITURA, tu quer é ser candidato a deputado não é???

25 maio, 2010 Responder