Portal V1

Margarete diz que Piauí terá novo departamento contra o feminicídio

03/02/2016
Margarete Coelho vice-governadora do Piaui

Margarete Coelho vice-governadora do Piaui

A vice-governadora Margarete Coelho (PP), em entrevista nesta quarta-feira (3), declarou que o Piauí é referência para os demais estados no combate a violência contra a mulher. Nesta semana, o Estado recebeu equipes da Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM) e da ONU Mulheres- Brasil para discutir a implementação das Diretrizes Nacionais de como investigar, processar e julgar crimes de Feminicídio no país.

Margarete Coelho reforça que os casos de violência física contra a mulher deixará de ser lesão corporal e passará a ser tentativa de feminicídio.  “A última medida autorizada pelo governador Wellington Dias foi a criação, na Secretária  de Segurança Pública, deu um departamento só para acompanhar e apurar feminicídio”, disse.

O Piauí é um dos seis estados brasileiros que, inicialmente, receberá essas diretrizes. “Fomos um dos estados selecionados porque, primeiro, Piauí sempre tem se colocado a disposição das políticas públicas para as mulheres e também porque somos a favor da luta contra o feminicídio e, por isso, criamos uma delegacia e núcleo específicos para fortalecer as investigações e processos”, disse a vice-governadora.

Durante a entrevista, a vice-governadora também comentou que  programa Minha Casa Minha Vida III será lançado neste ano. Por isso, o Piauí precisa estar preparado para os investimentos do Governo Federal.

“Alguns conjuntos habitacionais já estão prontos e não foram entregues por problemas na distribuição de energia porque ainda não receberam a energização. Outras tiveram problemas na distribuição de água e esgoto. precisamos desatar esses nós para que o Piauí possa participar do Minha Casa Minha Vida, que é um programa habitacional importante”, finalizou.

Fonte: cidadeverde

Compartilhe

Deixe seu comentário