Valença do Piauí, 16 de out, 2021

Matriz de Valença reabre nessa segunda com capacidade máxima de 30% dos fiéis

Matriz de Nossa Senhora do Ó e Conceição

Em conformidade com a Arquidiocese de Teresina, Governo Estadual e Municipal, além das autoridades sanitárias em saúde, a Paróquia de Nossa Senhora do Ó e Conceição iniciará, nesta segunda-feira 27 de julho, a abertura gradativa das igrejas, capelas, secretaria e outros espaços fundamentais para dar continuidade a ação evangelizadora da igreja.

A Paróquia irá seguir o protocolo enviado pela Arquidiocese de Teresina com todas as orientações para a abertura.

“As recomendações são aquelas que já conhecemos, não podemos brincar, achar que as coisas estão liberadas, nós precisamos nos prevenir em todos os momentos, fazendo uso do álcool, das máscaras, mantendo o distanciamento, lavando sempre as mãos e assim, tendo todo o cuidado necessário”, explicou o pároco Pe. Wanderley Morais na missa de domingo, 26 de julho.

Seguindo o protocolo enviado pela Arquidiocese as Igreja, Capelas e outros espaços da Paróquia de Nossa Senhora do Ó e Conceição, estão liberados a receber 30% (trinta por cento) da capacidade da Igreja ou Capela, levando em consideração as pessoas sentadas.

Para proporcionar que um número maior de fiéis possam participar da Santa Missa no domingo, a Paróquia irá realizar três celebrações: 08h da manhã na Matriz, 17h na Capela de Nossa Senhora do Carmo e às 19h na Igreja Matriz novamente. A seleção do público participante será por ordem de chegada.

A Paroquia de São Francisco de Assis também disponibilizou dois horários para as celebrações. Às 08h e 17h na Capela de São Raimundo Nonato.  

Veja outras orientações no documento:

01 – Disponibilizar/visibilizar meios de alertas: banners, placas, marcadores ou adesivos alertando para o inimigo comum e invisível: o novo Coronavírus;

02 – A equipe da Pastoral do Acolhimento deve estar preparada para acolher e orientar os fiéis sobre a higienização, distanciamento e uso obrigatório e permanente de máscaras por todos os participantes das celebrações;

03 – Disponibilizar dispensadores de álcool gel 70% em todos os espaços possíveis da Igreja;

04 – Fazer o distanciamento nos bancos e cadeiras de, no mínimo, 02 metros entre os participantes;

05 – Todas as portas e janelas deverão permanecer abertas para garantir a circulação do ar no espaço;

06 – Quando possível, deve-se celebrar ao ar livre;

07 – É necessário isolar bebedouros de bico inclinado;

08 – Não usar, em momento algum, recipientes com água benta;

09 – Isolar com fitas as imagens expostas para que essas não sejam tocadas;

10 – Orientar para que os fiéis se retirem do espaço da igreja mantendo o distanciamento necessário, evitando cruzamentos de pessoas, também no estacionamento;

Fonte: PASCOM/Paróquia

0 Comentário