Valença do Piauí, 27 de maio, 2024

Passe estudantil de ônibus pode ser recarregado por aplicativo em Teresina

Depois da modalidade de recarga online através do site disponibilizada para os estudantes usuários do transporte público em Teresina, o Sindicato das Empresas de Transporte Urbano de Teresina (SETUT) oferece mais uma forma de recarga do cartão Mais Fácil Estudantil. Dessa vez, por meio do aplicativo Parada Online. Para obter o serviço pela primeira vez, é necessário que o usuário vá à sede do Setut para revalidar o cartão.

“As regras para uso da recarga por meio do aplicativo são as mesmas para a recarga por meio do site da Transmobi. É mais uma vantagem oferecida ao estudante, que pode recargar o seu cartão de qualquer lugar, basta ter um celular e instalar o app.  Os valores adquiridos também seguem as mesmas regras. O estudante pode comprar no mínimo 02 créditos e no máximo 120 passes. Mas, é necessário que o estudante valide o chip do cartão no Setut”, explica Vinicius Rufino, coordenador técnico do sindicato.

Além da facilidade de poder comprar os passes na palma da mão, outra vantagem do aplicativo é que o usuário pode consultar os créditos disponíveis. Dessa forma, podem se programar para recargas futuras. Outro benefício do serviço é a economia, visto que, o usuário não precisará se deslocar até um ponto presencial. Nesse primeiro momento, o pagamento da recarga será efetuado por meio de PIX. Para cada recarga é cobrada uma taxa de manutenção por transação, sendo o mesmo valor, independente da quantidade de crédito adquiridos.

“A sistemática é a mesma do site. Para cada compra, é cobrada uma taxa de R$ 2,97 e os créditos estarão disponíveis em até 48 horas depois de confirmado o pagamento”, pontua Vinicius, que reforça que a recarga dos cartões também pode ser realizada nos postos de vendas presenciais. Os endereços estão disponíveis no site do Setut. 

Para os teresinenses que querem usufruir do serviço, o aplicativo Parada Online está disponível nas plataformas digitais IOS e Android e pode ser baixado na App Store ou Play Store, respectivamente.

Fonte: cidadeverde

0 Comentário