Valença do Piauí, 21 de jan, 2021

Piauí pode perder deputados na Câmara e na Assembleia

Margarete Coelho

A pedido do presidente da Assembleia Legislativa, deputado Themístocles Filho (PMDB), a deputada Margarete Coelho (PP) ocupou a tribuna na abertura do grande expediente da sessão desta segunda-feira (19) para falar da possibilidade de o Piauí perder de um a dois deputados federais e de três a seis deputados estaduais caso prospere a ação dos estados do Amazonas e do Pará que reivindicam mais cadeiras no parlamento com base no Censo de 2010.

“Desde de 2010, esses dois estados reivindicam o aumento das suas bancadas. A situação é grave, pois o Amazonas sanou todas as falhas que havia no processo. Com exceção do Piauí, não percebo nenhum outro estado interessado nesse assunto. Tenho me sentido solitária nessa batalha. É uma tese antipática, por parecer que estamos defendendo os nossos interesses, quando na verdade o que está em jogo são os interesses do Estado”, disse.

Margarete Coelho ressaltou que as grande obras construídas no Piauí foram resultantes de emendas de bancada. Fizemos a sustentação oral da tese de que a população do Amazonas é uma população flutuante. Tivemos o apoio dos deputados federais Júlio César Lima e Hugo Napoleão (ambos do PSD). Defendemos que o censo populacional seja realizado um ano antes das eleições… Por conta da seca, muitos piauienses migraram para outros estados, inclusive o Amazonas. Esses eleitores voltam para seus estados de origem na época das eleições, tanto que o Amazonas vem registrando as maiores abstenções do país, por conta dessa população flutuante”, acrescentou.

O deputado João de Deus (PT) alertou que se houver o encolhimento da bancada os prejuízos econômicos, sociais e políticos serão enormes para o Piauí. “Precisamos chamar a sociedade organizada, a OAB-PI, a APPM, a bancada federal para participar dessa luta”, defendeu.

Fonte: cidadeverde

0 Comentário