Valença do Piauí, 27 de nov, 2021

Piauienses desenvolvem ferramenta inovadora para divulgação de eventos totalmente gratuita.

Com o intuito de agregar todos os tipos de eventos em todo o país, uma galera piauiense resolveu desenvolver o vou lá, uma ferramenta que promete acabar com a deficiência na busca de eventos na web através de qualquer dispositivo (Mobile ou Desktop).

Vou Lá.

O vou lá funciona de forma bem simples. O usuário faz buscas por eventos baseadas em categorias, estado, cidade, artistas e também por datas. Filtros que deixam a busca muito mais precisa. A ferramenta ainda faz sugestões de eventos baseadas nos termos buscados ou na localização geográfica.

O usuário também pode confirmar presença, avaliar, além de enviar até 05 (cinco) fotos dos eventos que participou ou de seu interesse.

Para os desenvolvedores ou donos de sites/blogs que precisam cadastrar eventos, mas não querem ter o trabalho de programar essa funcionalidade, o vou lá é “mão na roda”. O site disponibiliza o embed dos eventos para serem incorporados em sites/blogs desenvolvidos em qualquer plataforma.

 Exemplo de Evento Incorporado

Mas o mais bacana no vou lá, é que qualquer pessoa pode cadastrar eventos de forma gratuita e depois sair espalhando nas redes sociais, blogs ou sites de parceiros.

Então, para quem promove festas, shows, workshops, peças teatrais, seminários etc. e precisa de uma boa ferramenta online para promovê-los totalmente gratuita, ou não promove, mas gosta de ficar antenado com os eventos com a sua cara, basta um cadastro simples através do sistema do site ou do facebook e desfrutar do vou lá.

equipe
Magno Leal, Marcio Waquim, Alisson Araújo e Susyanne Oliveira. Equipe Vou Lá.

Foram seis meses de desenvolvimento até o Vou Lá ser lançado no início de dezembro. A equipe, formada por três web developers e uma planner de conteúdo, cuida de todos os detalhes para que tudo funcione perfeitamente. Dois dos desenvolvedores – Alisson Araújo e Magno Leal – são naturais de Valença e moram em Teresina há algum tempo.

Fonte: Divulgação do Vou Lá

0 Comentário