Portal V1

Pistoleiros executam perueiro com cinco tiros

08/01/2010

blitzO perueiro Aurimar Batista de Carvalho, o “Mazin”, 31 anos, foi executado na manhã de ontem com cinco tiros de revólver, calibre 38. O crime aconteceu quando ele estava sentado em um banco na parada em que todos os dias ficava aguardando os passageiros localizada na praça do Hospital Regional Justino Luz.

Segundo informações prestadas pelo tenente Monteiro, do 4º BPM, naquela cidade, confirmadas pelo policial civil Joel, o delito foi praticado por dois elementos que estavam em uma moto, cor prata. Os dois chegaram ao local e ficaram esperando a vítima e, como demorou, eles foram ao bar do Gilmar, tomaram uma cerveja e momentos depois “Mazin” chegou. Minutos depois, um deles, foi por traz de “Mazin” e efetuou os disparos, enquanto que o outro já estava com a moto ligada e empreenderam a fuga em direção ao bairro Ipueiras.

Com os disparos, várias pessoas foram para o local. “Mazin” foi socorrido por populares e levado para o Setor de Urgência do Hospital Regional Justino Luz, onde morreu quando recebia os primeiros cuidados médicos.
Segundo o policial Joel, o “Mazin” já vinha sofrendo ameaças de morte, mas que nunca levou muito a serio. A polícia não tem dúvidas de que se trata de pistolagem, supostamente por vingança, pois a vítima respondia um processo como acusado de tentativa de homicídio.

Os policiais militares lotados no grupo Rondas Ostensivas Capitão David – Rocad, também estão trabalhando no sentido de identificar e prender os autores do crime e também trabalham com a hipótese de pistoalgem.

TENTATIVA DE HOMICÍDIO – “Mazim” foi iniciado em inquérito como acusado de autoria de crime de tentativa de homicídio ocorrido no ano passado, tendo como vítima José Allisson Rodrigues, que foi atingido com quatro disparos, mas que resistiu aos ferimentos e atualmente se encontra com a sua saúde debilitada.

Ao falar sobre o assunto, o delegado Abelardo Oliveira, titular do 2° Distrito, o inquérito foi instaurado naquela delegacia. Na época, “Mazin” afirmou que ser ouvido que teria atirado em José Allisson por motivos passionais.

Fonte: Diário do Povo do PI

Compartilhe

Deixe seu comentário