Valença do Piauí, 27 de nov, 2021

População espera pela definição da cassação do prefeito Walfredo

Vista areia de Valença
Vista areia de Valença

A cidade de Valença espera com ansiedade o desfecho da cassação do prefeito Walfredo Filho. O prefeito foi cassado pela Justiça Eleitoral na ultima sexta-feira (07) e desde então a população esperar pela publicação do acórdão pelo Tribunal Regional Eleitoral que segundo informações obtidas pelo Portalv1 deverá ser publicada na segunda ou terça-feira da próxima semana.

Após a publicação, a defesa do prefeito tem até três dias para entrar com os embargos declaratório para discutir possíveis contratempos no julgamento e ganhar mais tempo. Depois desses três dias os advogados de acusação também tem seu tempo para contrapor a defesa.

A diferença nesse processo é que do lado do prefeito o normal é apresentar as alegações no ultimo dia enquanto que os advogados de acusação apresentarão suas observações na primeira oportunidade. Depois será a vez do Ministério Publico Eleitoral dar o seu parecer sobre as alegações. De acordo com alguns advogados ouvidos pelo Portalv1 esse processo deverá durar algo em torno de 10 dias.

A expectativa é pelo teor do acórdão que poderá já definir uma data para a realização do novo pleito eleitoral o que forçará aos advogados do prefeito a lutar por uma liminar junto no TSE para manter o prefeito no cargo até uma definição em terceira instância.

O assunto como não poderia deixar de ser é o mais comentado na cidade nos últimos dias. A população espera por um desfecho, uma vez, que ela   vem sentindo na pele as consequências dessa insegurança administrativa, especialmente quando se precisa dos órgãos municipais. Nos últimos dias não são poucas as reclamações de falta de atendimento e cobertura das ações governamentais em Valença, inclusive com a falta de material de expediente.

A insegurança maior fica por conta dos cargos comissionados que em alguns cargos estão sem receber desde julho. Já a classe política trava dois embates, a eleição da câmara que poderá tornar o presidente o próximo prefeito interino e a formação de chapas para o pleito extra. Na disputa pela câmara já houve de tudo até a tentativa inoportuna de mudança da data da eleição.

6 Comentários

JOTA JUNIOR

Enquanto isso a cidade parou, esperamos que até Dezembro tenhamos alguma definição ou sai ou fica.
Quem perde como sempre é o povo.

14 nov, 2014 Responder

vitor soua

cara no meu modo de ver se é deste jeito que vcs estão querendo ganhar a eleição em Valença do Piauí eu acredito que vão dar com os burros na agua, só lamento pela população que é quem fica nesse meio e perdendo o que eles tem de melhor eu tempo , a cidade para crescer e o povo é quem sai derrotado, querem uma dica vai caçar o que fazer , vi a ultimas matérias sobre este assunto pelo amor de Deus caçar um prefeito pela prestação de conta de um comite é brincadeira .

14 nov, 2014 Responder

Chico Antonio

O cara quando é burro deveria nem expressar opinião aqui, achar que o crime eleitoral cometido pelo prefeito é uma coisinha boba é absurdo. Meu filho quando ele vai para o rádio dizer que esqueceram uns detalhes na prestação de contas é mentira, ele omitiram gastos de proposito pois não tinham como declarar os gastos, de onde ia sair esse dinheiro? Ou vc acha que iam dizer que saiu da secretaria de saúde?

17 nov, 2014 Responder

Antonio Borges

Corrupção este é o significado para tanta demora. O prefeito cada dia a mais que passa desvia mais e a justiça infelizmente que deveria te-lo afastado imediatamente ainda concede prazo depois de cassado em 2 instancias. Isto é Brasil.

14 nov, 2014 Responder

MARIA

ESTÃO MESMO É BRINCANDO COM A CARA DA POPULAÇÃO , UMA HORA SAI OUTRA HORA FICA , PALHAÇADA!É A CARA DA POLITICA VALENCIANA.

17 nov, 2014 Responder

MARIA

essa administração , é uma brincadeira , tira funcionarios preparados para contratar pessoas do seu agrado. alegando ter terminado prazo do concurso seletista , sendo que só terminou o prazo para alguns outros continuam lá. mas gente trabalhar de graça , ñ é p/ o ser humano que precisa progredir .

17 nov, 2014 Responder