Portal V1

PPL é o ultimo partido a realizar convenção em Valença

02/07/2012

Foto de arquivo

O Partido Pátria Livre (PPL), presidido em Valença pelo radialista Welton Ferreira foi o ultimo partido político a realizar sua convenção em Valença. Seus membros estiveram reunidos no sábado (30) e optaram pela coligação encabeçada pelo presidente do PMDB Rubens Alencar. O PPL e o PSD são os partidos mais novos do país.

As duas siglas obtiveram seus registros junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) no mês de outubro do ano passado. Na convenção foi definido que o partido não indicará nenhum nome para concorrer às eleições deste ano.

Compartilhe

3 Comentários

  1. Welto Ferreira em 02/07/2012 às 13:54

    Direito de resposta: segunda feira dia (02) de julho de 2012 às 13h50min.

    O senhor Radialista e Presidente do ate então diretório provisório do (PPL) de Valença do Piauí Welton Ferreira, vem através deste portal de noticias esclarecer as verdades sobre a matéria veiculada com a manchete: PPL é o ultimo partido a realizar convenção em Valença.

    Primeiro:
    O Partido Pátria Livre (PPL) fez em outras oportunidades algumas reuniões internas para vislumbrar as eleições municipais 2012 em Valença do Piauí com a participação dos membros do seu diretório, e foi colocado que o diretório municipal era quem iria decidir sobre o apoio do partido a qualquer pré-candidato.

    Segundo: O presidente do PPL Welton Ferreira em nenhum momento conversou sobre qualquer assunto e muito menos sobre política partidária com o então pré-candidato do (PMDB), por isso venho a publico esclarecer essa verdade, não houve repito em nenhum momento qualquer tipo de contato, agora fomos procurados sim pelo pré-candidato do (PSB) e houve sim um entendimento para um possível apoio, inclusive nesta conversa com a presença do senhor Cruz Castro um grande incentivador do PPL em Valença do Piauí, mas quem iria decidir seria o diretório municipal.
    Terceiro: Agora no ultimo sábado dia 30 de junho o partido se reuniu com a sua executiva municipal, sendo que a reunião foi presidida pelo vice-presidente do PPL o senhor Francisco Alves e não pelo senhor Welton Ferreira, e lá votaram em apoiar o pré-candidato do (PMDB), os seguintes membros: senhor Francisco Alves, Agenor da Silva, Nonato Moura e a senhora Maria Ivonete de Farias.

    Para deixar bem claro esta foto que foi publicada no portal não é do dia (30) junho de 2012 e sim de outubro do ano passado 2011, quando o diretório provisório do PPL foi formado em Teresina – PI no sindicato dos agentes comunitários de saúde do estado do Piauí.

    Assim esclareço esse assunto e a agradeço ao portal V1 por esta oportunidade.

  2. nena em 02/07/2012 às 17:51

    2011kkkkkkkkkk carangueijo e quem anda pra traz.kkkkkkkkkk eeeeeeeeeeeee e nos e nos

  3. Raimundo da Silva em 02/07/2012 às 19:51

    Resumindo não é pq o presidente do partido é empregado da emissora de rádio do gênero do prefeito que o partido deve se coligar com sobrinho do prefeito. Houve uma votação na qual a maioria absoluta viabilizou a coligação como então candidato a prefeito e presidente do PMDB Rubens Akencar e por conseguinte deve machar do lado da melhor opção para o nosso município!

Deixe seu comentário