Portal V1

Prefeito de Pimenteiras é posto em Liberdade.

18/01/2009

O prefeito interino de Pimenteiras, José Oliveira Neto (Zé Ota) do PMDB, que foi preso da manhã de ontem (17) por porte ilegal de arma, foi colocado em liberdade na manha deste domingo (18), por determinação do desembargador José Ribamar de Oliveira, membro do Tribunal de Justiça do Piauí. Segundo gerente de policiamento do interior, Adail Abdias de Barros, o gestor havia sido abordado em blitz da polícia militar, realizada devido ao clima tenso na cidade em razão de nova eleição no próximo dia 25. Na abordagem, foi encontrado em revólver em poder de José Oliveira, sem autorização da Polícia Federal para o porte. O prefeito passou a noite na delegacia da cidade e foi solto por determinação judicial. A segurança do município foi reforçada a pedido do juiz José Airton Pereira de Sousa, que relatou incidentes com agressões devido ao novo pleito eleitoral em Pimenteiras. Foi designado também um delegado especial para acompanhar as eleições no município. A votação do dia 5 de outubro foi anulada pela inelegibilidade do primeiro colocado, Dr. Arraes, que tinha obtido mais de 50% dos votos. Concorrem ao cargo de prefeito os candidatos Netinho (PSB), e Chico Bezerra (PTB). A saída do prefeito interino da delegacia foi marcada pela euforia dos correligionários, que viram em sua prisão um ato de perseguição política, por parte dos seus adversários.

Compartilhe

1 Comentário

  1. Perseguição política? O cara é pego cheio de armas no carro e ainda não quer ser preso… Eu heein…!!
    Lugar de velho é na fila do Furural! AAffffe…

Deixe seu comentário