Valença do Piauí, 22 de jan, 2021

Prefeito pede três milhões e meio de suplementação. Oposição reclama

O dinheiro será gasto nos meses de novembro e dezembro

A presidenta da Câmara Municipal vereadora Ielva Melão aprovou requerimento solicitando da Prefeitura Municipal, que seja enviado com urgência copias das folhas de pagamento referente ao mês de agosto dos cargos efetivos e comissionados das secretarias de Educação, Governo, Saúde e de Obras. A presidenta justificou seu pedido afirmando que as folhas servirão como embasamento para a votação do Projeto de Suplementação Financeira, apresentado pelo Executivo Municipal, no valor de 3.522. 976, 00 (três milhões quinhentos e vinte e dois mil e novecentos e setenta e seis reais).

Ielva Melão afirmou que houve uma tentativa por parte da Assessoria Contábil da prefeitura em explicar os motivos da suplementação, no entanto, após as explicações ficaram mais duvidas do que respostas. A presidenta criticou a falta de transparência das contas da Prefeitura Municipal, que tem 20% sob o valor total do Orçamento, orçado em mais de 20 milhões para manusear conforme sua vontade e necessidade, no entanto esse manuseio não é comunicado ao Legislativo Municipal, que fica sem saber como foi gasto esse percentual.

O vereador Joaquim Filho (PTB) disse que o grande problema do Projeto de Suplementação é que o Executivo Municipal colocou exclusivamente para pagamentos de gratificação e de pessoal “Esse projeto não beneficia infra-estrutura, quadra de esporte ou praças é só para gastar o dinheiro contratando gente, onde a prefeitura já está abarrotada e não cabe mais ninguém” criticou. O vereador disse ainda que esses mais de três milhões são para gastar nos meses de novembro é dezembro.

O vereador Elizeu França líder do governo disse que esteve conversando com o contador da prefeitura e da própria câmara que afirmaram ser legal a suplementação e pediu que os vereadores aprovem o projeto que segundo o mesmo é fruto de previsão de receita.

Joaquim Filho finalizou dizendo que o problema não está na legalidade do projeto, mais sim na forma em que vai ser gasto o dinheiro “A Secretária de Saúde hoje ta pagando diária até para vigia é só olhar os balancetes e ver essas e outras aberrações e eu me propor a votar três milhões e meio que poderia ser usado para construir varias benefícios para pagar pessoal cuja prefeitura já conta com quase 22 milhões para isso faltando apenas controle nos gastos” disse.

O projeto deve ser votado na próxima segunda-feira (31), uma vez que na sessão desta segunda-feira (24) houve uma manobra da oposição e não foi possível sua votação. Uma fonte do governo disse ao portalv1 que o mais importante é que os cinco vereadores da bancada (Elizeu França, Ceiça Dias, Lindomar Amâncio, Valdefran Vieira e Pedro Ribalta) já assinaram o projeto e não tem como voltar atrás. “Com as assinaturas o projeto será aprovado” afirmou. Ouça parte do pronunciamento da vereadora Ielva Melão com as partes dos vereadores Joaquim e Elizeu França e dê sua opinião sobre o tema.

Ouça parte do pronunciamento

4 Comentários

Junior Santana

Esse prefeito ja quer esse dinheiro é pra financiar a campanha do …não liberem façam como nós valencianos sejam oposição mesmo a essa aberração que existe em valença hoje…chega desse povo…

25 out, 2011 Responder

Daniel Sousa

Eita que já estão se preparando financeiramente para 2012. Como diria um político antigo aqui de nossa região já está quase na hora de ……rsrsrsrrss

25 out, 2011 Responder

Airton Sousa

Fico a perguntar qual foi a motivação para a base votar esse projeto. Lembro-me de ter lido aqui nesse portal que o prefeito chegou a oferecer um poço para o vereador o Joaquim em troca de votação. Como as finanças da prefeitura não são bem gerenciada não será novidade Joaquim e ileva se esse dinheiro ai já não esteja sendo usado. É como a matéria diz o prefeito já expôs os vereadores com a assinatura do pedido e agora fica difícil voltar atrás. Lamentável

25 out, 2011 Responder

Franklin Mendes

Gente que absurdo!!!Nunca pude imaginar que os vereadores, que se dizem representar o povo, fossem capazes de assinar um projeto desses que não traz nenhum benefício para a população vaelnçana!!! Só tenho a lamentar esse absurdo. Ainda tem vereador que teve a petulância dizer que é legal, se é legal ou não isso é uma vergonhaaa!!!!

28 out, 2011 Responder