Portal V1

Presidente tentará de novo ser ouvido pelos vereadores de Valença

17/02/2017

Presidente do Sindicato dos Servidores Municipais de Valença (SINDSERV) Carlim Rosa

O Presidente do Sindicato dos Servidores Municipais de Valença (SINDSERV) Carlim Rosa, tentará novamente nesta sexta-feira (18) participar da sessão ordinária da Câmara de Vereadores para explicar sobre a queda de braço, entre o sindicato e a prefeitura que decidiu cancelar o repasse da contribuição sindical dos servidores ao sindicato alegando irregularidades nesse tipo de repasse.

O presidente tentou participar da sessão na ultima sexta-feira (10), mais sua fala não foi autorizada pela mesa diretora que na sessão anterior tinha rejeitado sua participação pela maioria absoluta do plenário ao rejeitar requerimento defendido pelos vereadores Rubens Alencar e Iris Moreira.  

Carlim Rosa se conseguir acesso ao plenário deve explicar aos vereadores que a contribuição sindical é prevista pela Constituição Federal e em Valença ela é feita há 17 anos. Deve explicar que a prefeitura apenas obedece ao desejo do associado que autoriza o desconto em seu contracheque em troca de benefícios fruto de sua contribuição sindical e que apenas ele servidor pode pedir seu cancelamento.

Ele deve dizer ainda que essa contribuição foi cortada apenas do SINDSERV, uma vez que a prefeitura não cortou a contribuição sindical de outras associações que pela visão da prefeitura é proibida. Ele deve mostrar os protocolos da tentativa sem sucesso de se reunir com a prefeita Ceiça Dias.

O presidente deve também informar sobre o Mandato de Segurança impetrado contra a prefeitura para tentar pela via judicial um direito que ele garante ser legitimo. A proteção dos vereadores a prefeitura nesse episodio também deve ser comentado pelo presidente que certamente esperava que a Mesa Diretora agisse no sentido de promover um entendimento entre as partes e não tentar cessar a fala de uma categoria.

Compartilhe

Deixe seu comentário