Valença do Piauí, 23 de jan, 2021

Professores do Estado recusam proposta e mantêm greve

Trabalhadores em Educação no Piauí decidiram recusar a proposta de reajuste salarial do Governo do Estado e manter a greve iniciada no dia 27 de fevereiro. Após assembleia geral no Teatro de Arena, a categoria fez passeata até o Palácio de Karnak, onde houve manifestação.

“O Governo propôs um reajuste de 22% apenas para os professores das Classes A e B, ativos e inativos e nenhum reajuste para as demais classes, isto é igualar todo mundo e acabar com as classes do magistério”, disse Odeni Silva, presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação – Sinte-PI.

A assembleia contou com cerca de 200 trabalhadores. O Estado conta hoje com 24,9 mil, mas, segundo o Sinte, a proposta do governo contemplaria cerca de 2 mil servidores. O restante dependeria de projeto a ser encaminhado para a Assembleia Legislativa.

“Nós vamos continuar com o movimento até o governador Wilson Martins apresentar uma proposta decente para a categoria”, acrescentou Odeni Silva.

Uma nova assembleia será realizada na quinta-feira (8), às 9h. Até lá, ações devem intensificar o movimento.

4 Comentários

Aderson Leite

Não entendo o que o Governo do Estado está discutindo, porque lei não é para ser discutida e sim para ser cumprida. Portanto, vamos aguardar até que esse nosso direito garantido por lei, seja cumprido na íntegra.

06 mar, 2012 Responder

Elis

Concordo com você Aderson. A lei foi criada para ser cumprida. Não tem o que discutir.

09 mar, 2012 Responder

Alguem

Lorena vc manda os professores trabalhar, como os professores fossem empregados seus. Você deve mandar trabalhar os empregados de sua casa. Isto é, se você paga um salario compativel ao serviço deles. Se os professores reividicam melhores salarios é porque lei tem que ser cumprida e não desrespeitada como estão fazendo. Pelo que vi você não trabalha, e nunca nunca trabalhou, não sabe o que é trabalhar.

08 mar, 2012 Responder

Profª Joelma

Uma coisa é se conformar com aquilo que é dado e outra é lutar por aquilo que é lei e foi conquistado.

GREVE!!!!!!!!!!!!

09 mar, 2012 Responder