Portal V1

PTB avisa que não vai brigar com o DEM pelo mandato de Fernando Monteiro

  • off
07/10/2009

A infidelidade do deputado estadual Valério Carvalho pode custar caro. O PTB já reivindicou na justiça o mandato do parlamentar – que migrou, em setembro, para o PDT – e também quer de volta para os quadros do partido a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Tecnológico, ocupada atualmente por Valério. A decisão é da cúpula do PTB. O porta-voz da determinação será o senador João Vicente Claudino, presidente da sigla no Piauí. O deputado Paulo César Vilarinho explica o posicionamento interno do PTB. “Decidimos que o senador João Vicente vai comunicar ao governador que tem intenção de manter nos quadros do PTB as três secretarias confiadas ao partido no início do governo (Secretaria de Turismo – SETUR, Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Tecnológico – SEDET e a Secretaria do Trabalho e Empreendedorismo – SETRE). Como o Valério deixou o partido, vai haver um entendimento entre o senador e o governador para solicitar o cargo.” Por conveniência ou falta de costume, o PTB não inclui nas contas a Secretaria de Defesa Civil, ocupada pelo deputado Fernando Monteiro, o mais novo filiado da sigla. Nesse caso, se o governador Wellington Dias aceitar os argumentos de João Vicente Claudino, exonerar Valério Carvalho e nomear um novo petebista para a SEDET, o partido comandará quatro cargos no primeiro escalão do Governo do Estado, e não apenas três, como contabilizou Vilarinho.

how can i get back with my ex

Mandatos dos infiéis

O deputado Paulo César Vilarinho justifica que o partido vai reivindicar o mandato de Valério Carvalho “porque ele não tinha motivos para deixar o PTB”. “Não houve nenhuma negociação para a saída dele. Quando ele nos informou,já havia saído do partido. Ele saiu em uma terça-feira. Dois dias antes me afirmou que os boatos eram fofoca, na segunda-feira reafirmou e na terça-feira tinha deixado o partido”, lembra o parlamentar. Para não cair em contradição, os petebistas decidiram não defender oficialmente o mandato do “infiel” Fernando Monteiro, que trocou recentemente o DEM pelo PTB. “Nós não vamos defender o mandato do Fernando Monteiro, porque analisamos dessa forma: ninguém tentou conquistar o Fernando Monteiro, pedindo que ele deixasse o DEM para vir para o PTB; seria incoerência nossa.” Na concepção do PTB, Monteiro tem que arcar sozinho com os ônus da troca de partido. “No PTB ele foi e será bem recebido e pra gente foi motivo de orgulho contar com uma pessoa como o Fernando Monteiro, mas ele tem que se defender por conta”, conclui Paulo César Vilarinho.

Novo deputado

Se o PTB conseguir reaver o mandato de Valério Carvalho, quem assume uma cadeira na Assembleia Legislativa do Piauí é Jônatas Nunes, ex-reitor da Uespi.

Fonte: portal az

jfdghjhthit45
Compartilhe

Comentários fechados