Portal V1

Seca já castiga 13 municípios e deixa 80 mil sem água para beber

14/10/2008

Pelo menos 80 mil pessoas estão sofrendo com a falta de água em treze municípios, na região Sul do Piauí. A situação é mais grave nas cidades de Caridade, Simões, Paulistana e Marcolândia, onde a escassez de chuva prejudica o abastecimento de água e já provoca sede e fome entre os animais, que já começam a morrer. 

O castigo imposto pela seca na região do semi-árido voltou a preocupar os dirigentes da Federação dos Trabalhadores na 
Agricultura que nesta terça-feira, 14, pediram providências ao Governo do Estado e as prefeituras municipais, para socorrer as famílias atingidas pela estiagem. 

“A situação já é considerada muito grave em algumas localidades, onde as pessoas e os animais não dispõem mais de água com qualidade para beberem”, denunciou o presidente da Fetag, Evandro Luz. 

Situação de emergência
A Fetag reivindica uma reunião de emergência com técnicos da secretaria estadual de Defesa Civil, a fim de definir ações que possam amenizar o flagelo da seca. “Vamos ter que apelar novamente para as medidas paliativas, pois o pequeno agricultor precisa de ajuda imediatamente”, enfatizou Evandro Luz. 

Em algumas cidades, os prefeitos já se movimentam no sentido de decretar situação de emergência em função da estiagem. Nesses municípios não chove há seis meses.

Compartilhe

Deixe seu comentário