Valença do Piauí, 01 de mar, 2021

Agespisa fará levantamento da rede de água em Valença. Fotos

os técnicos estiveram visitando as futuras instalações do Residencial Wilson Martins Filho que será construido pela Fundação Raul Alencar

Os técnicos da Agespisa Francisco Rafael e Afonso Cezar estiveram em Valença nesta terça-feira (17) para avaliar a rede de distribuição de água da Agespisa na cidade. Segundo Francisco Rafael a vinda a Valença representa o desejo da diretoria da Agespisa em oferecer aos seus mutuários uma melhor oferta de água que inclui a ampliação da rede e o conserto de gambiarras que prejudicam a qualidade do abastecimento de água, principalmente nos bairros mais distantes do centro.

Os dois técnicos estiveram na companhia do empresário Rubens Alencar que detém a indicação dos cargos da Agespisa no município visitando os poços da Agespisa e relatando os erros que serão apresentados a diretoria. Rubens Alencar parabenizou a iniciativa da Agespisa e pediu agilidade no processo. “Fiquei feliz quando a deputada Margarete Coelho ligou informando da vinda dos técnicos com essa finalidade. A população precisa ser assistida com o abastecimento d’água por completo há casos de mutuários que moram ao lado dos poços da Agespisa mais devido à falta de planejamento só recebem água no período noturno” afirmou.

Além dos poços os dois técnicos estiveram visitando as futuras instalações do Residencial Wilson Martins Filho (Próximo a Praça do Milênio), para avaliar o local para a perfuração de um poço no terreno doado pela Fundação Raul Alencar que atenderia aos moradores do Vale – verde e Valencinha. Atualmente a Agespisa atende 5.683 residências em Valença

.
1 Comentário

josimar santos

A agespisa deveria era terminar a estação de tratamento que estar parada a mais de nove 9 anos ,só servindo de criatório de mosquito da dengue. Muito dinheiro gasto pra nada, enquanto a população ingere água sem tratamento adequado. mas é assim mesmo o povo sempre paga o pato por essas questões políticas.

17 jan, 2012 Responder

Deixe uma resposta para josimar santos Cancelar resposta