Valença do Piauí, 27 de set, 2021

Teresina tem sete casos confirmados de HIN1

A Fundação Municipal de Saúde (FMS) informou nesta quinta-feira (26), que foram registrados mais seis novos casos do vírus da Influenza A, H1N1 em Teresina. No total, já são sete confirmações da doença. Segundo FMS, a síndrome gripal atingiu pacientes que não tiveram complicações. Apenas uma paciente teve sintomas graves da doença e precisou de atendimento na UTI.

Ainda conforme a FMS, os casos confirmados aconteceram com duas irmãs, uma de 19 e outra de 22 anos. Foram atingidas também duas idosas, uma mulher de 54 anos e uma gestante que foi internada no hospital do Buenos Aires, Zona Norte de Teresina, mas que já recebeu alta e se recupera em casa.

A adolescente de 13 anos que foi diagnosticada com o vírus apresentou melhoras no quadro de saúde, mas continua internada no HUT. Segundo o boletim médico divulgado nesta terça-feira (24), a paciente encontra-se consciente, orientada e respirando sem ajuda de aparelhos. Este foi o primeiro caso da doença confirmado em Teresina.

O caso foi confirmado laboratorialmente, por PCR – exame que mede a dosagem de proteína C, principal indicativo de grave infecção. A paciente está sendo medicada com Tamiflu, terapêutica adotada conforme protocolo clínico para H1N1, e não corre risco de transmitir o vírus.

Somente em 218, Teresina notificou 39 casos de Síndrome Respiratória Grave (SRAG). Destes, 15 deram negativos para influenza e 19 confirmados para outros vírus.

 

O que é a Gripe H1N1?

 

A Gripe H1N1 é uma doença causada pelo vírus Influenza A H1N1, uma mutação do vírus da gripe, porém mais forte do que aquele que nós estamos acostumados. Essa gripe é transmitida da mesma maneira que a gripe comum, mas os seus sintomas são mais fortes, repentinos e, se não tratados logo no início, podem levar a pessoa ao óbito.

Colaboração G1 Piaui

0 Comentário