Portal V1

Trabalhadores contratados para corte de cana são enganados, denuncia presidente de sindicato.

14/04/2009

A direção do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Valença denunciou a FETAG, que cerca de 147 trabalhadores contratados pela empresa “Comanche”, sediada na cidade de Capela do Alto Tatuí, nas proximidades de Sorocaba, no estado de São Paulo não estaria cumprindo o contrato assinado com os trabalhadores valencianos e pimenteirenses contratados para trabalhar no corte de cana.

 Segundo o presidente do sindicato Devaldo Nunes, a promessa inicial era que os trabalhadores teriam desde alimentação de qualidade, à assistência médica “conversamos com os contratantes e a promessa era que os trabalhadores teriam dormitórios, assistência médica, alimentação, tudo que a Lei determina, e a realidade é que nada disso foi cumprido” disse.

 Ainda segundo o presidente, o caso foi informado para a FETAG, que solicitou do Ministério do Trabalho que fosse feita a fiscalização na empresa “essa fiscalização já foi feita e o Ministério do Trabalho constatou as irregularidades e deu prazo para que a empresa se adéqüe” afirmou. A expectativa é que os trabalhadores retornem para o Piauí nos próximos dias “devido ao não cumprimento do contrato, os trabalhadores irão esperar apenas que a empresa pague seus direitos para retornarem ao estado” disse o presidente.  

Compartilhe

Deixe seu comentário