Portal V1

TRE cassa prefeito e pede nova eleição em Dom Expedito Lopes

15/07/2010
Benedito Dantas Neto

Benedito Dantas Neto

O prefeito de Dom Expedito Lopes, Benedito Dantas Neto (PTB) e seu vice José Belo de Sousa (PSB), foram cassados nesta quinta-feira (15) pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE). Eles são acusados de compra de votos e abuso de poder econômico, nas eleições de 2008.

Com a cassação, deverá assumir o poder executivo no município, o presidente da Câmara de Vereadores, até que sejam realizadas novas eleições. A data para o novo pleito ainda não foi marcada e será decidida pelo TRE.

A ação contra os gestores foi movida por Agenor Ferreira Lima, candidato a prefeito derrotado nas eleições de 2008 e filiado ao PRTB, partido coligado com o PTB para apoiar o senador João Vicente Claudino nas eleições ao Governo do Estado, e que tem como presidente no Piauí o empresário João Claudino, pai do candidato.

O relator foi o juiz Marcelo Carvalho Cavalcante de Oliveira. A decisão foi unânime e em consonância com o Ministério Público Eleitoral.

Fonte: cidadeverde

Compartilhe

Deixe seu comentário