Valença do Piauí, 25 de fev, 2024

TRE e procuradores vão iniciar fiscalização aos pré-candidatos no Piauí

treRepresentantes do Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (TRE) e o Ministério Público Eleitoral alertaram hoje para as punições eleitorais para os pré-candidatos devido a propaganda extemporânea. O foco será reforçado durante o carnaval onde os ânimos se acirrando e os cabos eleitorais realizam atividades promocionais dos pretensos candidatos.

O encontro foi realizado com o lançamento do projeto Justiça Eleitoral e Cidadania. O presidente do TRE, desembargador Edvaldo Moura, e o procurador regional eleitoral, Alexandre Assunção, garantiram que será acompanhada a pré-campanha e não será tolerada manifestações extemporâneas.

O evento teve palestra do juiz eleitoral maranhense Marlon Reis, que falou sobre Eleições Limpas. O magistrado foi o responsável pelo início do movimento que culminou com a Lei da Ficha Limpa.

O procurador Alexandre Assunção destacou a legislação eleitoral durante encontro. Já o desembargador Edvaldo Moura afirmou que o TRE não poupará esforços para coibir os atos ilícitos. “Todos querem que tenhamos eleições limpas porque voto não é mercadoria. O voto é livre e consciente.

O TRE vai fazer o possível e o impossível para garantir eleições limpas. Eu sei que não é fácil, mas eu aprendi a afrontar o mundo para viver em paz com minha consciência. Tenho amizades de um lado e de outro, com partidos e candidatos, mas tenho uma missão e não abro mão dela porque é ela que me move e me faz ser juiz”, declarou.

Fonte: cidadeverde

0 Comentário