Portal V1

Valenciano mata filha e atira na esposa e vizinha em Minas Gerais

25/04/2011

José Euclides Alves Lima

A cidade de Valença ainda procura entender o que levou o agente penitenciário valenciano José Euclides Alves Lima de 36 anos a matar sua própria filha de 04 anos e tentar matar sua companheira Audenice Brito de 24 anos e uma amiga da mesma identificada como Jocelaine Ribeiro também de 24 anos, na noite desta sexta-feira (22), em Uberaba Minas Gerais.

De acordo com informações da policia José Euclides não aceitava o fim do relacionamento e ao chegar em casa na noite desta sexta-feira (22) teria efetuado 14 tiros com uma pistola 380 contra sua ex-companheira, uma vizinha e sua filha, que não resistiu e morreu no hospital de Uberaba. A mãe e a vizinha estão internadas no hospital. O corpo de José Euclides chegou nesta manha a Valença e está sendo velado em sua residência nas proximidades do ginásio poliesportivo.

Entenda o caso:

Eram cerca de 20h45, quando o agente entrou armado na casa com uma pistola Taurus, calibre 380 e começou a disparar contra Audenice. No momento, também estava na residência, a filha do casal e uma amiga da família.

A ex-mulher de José Euclides correu para o interior do banheiro sendo seguida por ele que inicialmente tentou abrir a porta com chutes e não conseguindo, disparou 14 tiros (projéteis de arma de fogo calibre 380).

Os tiros atravessaram a porta, atingiram Audenice. Percebendo que o carregador da pistola estava vazio trocou por outro cheio de munições que trazia no bolso. Enquanto isso a manicure correu para os fundos da residência com a criança nos braços, sendo perseguidas por José Euclides que passou a disparar tiros contra elas.

Depois de ver que acertou todos que estava na casa atirou contra a própria cabeça, caindo morto na área de serviço. A manicure sofreu perfuração na face, punho esquerdo e tórax. A criança sofreu perfuração no tórax e ainda foi socorrida pelo Samu com vida, porém sofreu parada cardiorrespiratória e morreu no Pronto-Socorro do Hospital Escola.

As duas mulheres ainda continuam internadas, porém a mãe da criança e ex-esposa ainda em estado grave.

Colaboração: cidadeverde.com

.

Compartilhe

Deixe seu comentário