Valença do Piauí, 04 de dez, 2021

Valencianos comemoram vitória de W.Dias e Elmano Ferrer

carrosPartidários do governador eleito Wellington Dias ainda comemoram pelas ruas de Valença a vitoria nas urnas no pleito do ultimo domingo (05). Varias carreatas já foram realizadas em comemoração a vitoria do governador, deputados e do senador Elmano Ferrer. Embalados por musicas típicas desse tipo de comemoração como A Rural e Na Boquinha da Garrafa.

Esse ano, a oposição ao governo municipal venceu a disputa, tanto para os governos do estado e federal, quanto para o senado. Para presidente a diferença foi de 5.873 em relação à candidata Marina Silva. Para governador, a diferença entre Wellington Dias e Zé Filho foi de 2.753 e para senado o candidato Elmano Ferrer obteve uma maioria de 2.509 em relação ao ex-governador Wilson Martins.

Esse ano, a cidade de Valença elegeu em primeiro lugar para o cargo de deputado estadual o vereador valenciano Getulio Gomes, que obteve 2.040 votos. Já o deputado federal Marllos Sampaio casado com a vice-prefeita de Valença Paula Jeanne foi o mais votado para deputado federal com 3.168 votos. Se a votação pessoal foi extraordinária por outro lado os dois candidatos não repetiram o mesmo desempenho com os seus apoiadores Marllos Sampaio deu 702 votos para seu irmão Temístocles Filho e Getulio Gomes 750 para a deputada federal Iracema Portela.

Apesar de não ter sido eleito, o deputado comemorou a votação, uma vez que, a sua campanha perdeu o apoio dos ex-prefeitos Alcântara e Jarbas Matias, que mesmo após realizarem festas de apoio ao deputado o abandonaram em favor dos candidatos Heráclito Fortes (1.264 votos) e Flavio Nogueira (912 votos).

O desempenho do deputado Marllos Sampaio (que não se elegeu) também favoreceu ao prefeito Walfredo Filho que venceu o duelo pessoal com seu tio o ex-prefeito Alcântara. A eleição mostrou que a cidade de Valença está aberta para eleger valencianos ou deputados que tenham afinidades com a mesma.

A votação do vereador Getulio Gomes e do deputado Marllos Sampaio é uma prova de que a população deseja um representante legitimo para representá-la na Assembleia Legislativa ou na câmara federal independentemente do lado político, uma vez que os dois mais votados são de lados opostos na disputa municipal.

Passados esse período, nos próximos dias irão começar as especulações em relação aos cargos do governo estadual no município pela ordem os deputados eleitos do lado do governador Wellington Dias foram os seguintes: Julio Arcoverde com 1.304 votos (Rubens Alencar), Helio Isaias com 792 votos (Carlos José, Joaquim Filho e Leonardo Nogueira), Luciano Paes Landim com 86 votos (Moura Fé), e Limma com 84 votos (Geovane Vieira e Chiquinha do PT). Na disputa a 7ª de Educação, Hospital regional, 7ª de Saúde, Emater, IAPEP etc.

4 Comentários

Veloso

Cidinhah, não é só Valença que ficará órfão nos próximos dois anos, será o Piauí todo nos próximos 4 anos, porque o PSDB é quem vai governar o país.

08 out, 2014 Responder

Aílton Carvalho

O resultado da eleição pra a Assembleia Legislativa mostra a força do empresário Rubens Alencar, que deu uma boa votação para os seus deputados estadual e federal, se consolidano como principal liderança da oposição. Depois vem o grupo do “neo petista” Carlos José, juntamente com seu ex-desafeto, o vereador Joaquim Filho, que deram uma votação um tanto abaixo do que prometeram para seus deputados, mostrando que a a reunificação familiar dos dois não surtiu o efeito desejado eleitoralmente, havendo até uma discórdia fria entre os dois líderes na reta final de campanha. Já o PT, partido do governador eleito, mostrou que vai de mal a pior no município, pois mesmo com um candidato a governador em alta, não conseguiu transferir uma boa votação para o candidato de seu partido, os ex-prefeito de Arraial Lima mostrando assim a defenestração de seus “líderes”. Vamos ver se realmente os mais votados vão ser os mais comtemplados nos cargos estaduais em disputa. Existe muito ego entre os petistas sem votos. Leia-se Zé Maria, Geovane, Chiquinha, Wallisson, Geanne, entre outros. A exceção do ex-vereador Walisson, nenhum dos outros nunca foi eleito pra nada em Valença, sendo massacrados nas urnas ao cargo de vereador e até de vice-prefeito. Mas, mesmo assim, se acham no direito de ocupar os “filés” do governo do estado quando o PT administra. Pode ser que o governador eleito tenha mudado seus critérios de ocupação de cargos, observando além da questão eleitoral, mas também a questão da imagem negativa que paira sobre alguns nomes petistas em Valença, sobretudo por parte do povão que não suporta o “nariz empinado” de pessoas que até bem pouco tempo ainda usavam um anel de tucum no dedo, adereço preferido dos petistas no passado, como símbolo de humildade. Esta é a minha opinião, respeitando as demais.

08 out, 2014 Responder

Daniel Sousa

O que o “povão” da elite não aceita é que pessoas que nasceram de origens humilde, ocupem cargos que historicamente foi ocupado por eles, isso sim não é aceito nem por eles e até mesmo por pessoas como vc que mesmo sendo um cara inteligente, bem informado, la no fundo guarda um pouco do preconceito que é originária da elite conservadora desse país e acha que lugar de pobre é capinando o quintal do rico e do rico é sentado numa cadeira confortável usufruindo do bom e do melhor. Com relação ao Rubens, ele com certeza calou a boca de muita gente com essa votação, espero que agora seus aliados reconheça que ele é quem é o cara da oposição.

09 out, 2014 Responder

Aílton Carvalho

Meu caro Daniel, nãos se trata de preconceito, pelo contrário, quando você começa de baixo com humildade e chega a a ocupar um patamar mais alto e, mesmo assim, não perde a humildade eu aplaudo. O que eu coloquei foi que estes petistas, com raríssimas exceções, se auto denominam elite e esquece o passado pobre que tiveram. Só pra te dar um exemplo da tremenda arrogância que eu acabei de citar, no dia da eleição a noite, teve um petista que disse num conhecido bar da cidade em alto e bom som pra todos os que estavam perto escutar: “Agora eu vou roubar mais”. E aí, você acha correto alguém que até um dia desses morava de aluguel e de repente, durante os oito anos do PT até casa boa conseguiu comprar, sair falando isso? Ou você é um daqueles que também acha ser pura coincidência? E quero dizer pra você que eu não sou e nunca serei da elite. Combato as elites, apesar que elas nunca vão deixar de existir e até existem algumas delas que são úteis, pois se colocam a disposição do povo, prova disso é a nossa liderança de oposição. Sou um servidor público comum igual a tantos outros. Preconceito é uma palavra que eu já exclui do meu dicionário faz muito tempo. Era o que eu tinha dizer.

10 out, 2014 Responder