Valença do Piauí, 24 de jan, 2022

Variante ômicron tende a crescer e predominar, alerta Wellington Dias

O governador Wellington Dias (PT) voltou a fazer um alerta sobre o avanço da variante ômicron, da covid-19, em todo o país. Segundo ele, a tendência é que a variante supere a delta e domine o número de casos.

“A organização Panamericana soltou um alerta para o crescimento da ômicron, especialmente nas américas. Neste caso, a preocupação é com o nível de transmissibilidade dela que é mais elevado”, disse em vídeo.

Apesar do avanço da variante, o governador informa que, para quem está em dia com o esquema vacinal, o nível de adoecimento das pessoas infectadas é menor.

“Hoje nós estamos saindo de uma situação em que é predominante a variante Delta e a Ômicron passa a predominar. Ela tem uma transmissibilidade mais elevada, mas para quem está em dia com as vacinas, tem baixo adoecimento e menos internações de UTI. Mas os casos devem crescer e precisamos manter os cuidados não são com a covid, mas as outras doenças”, declarou.

Nesta terça-feira (11), o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, disse que tem observado um aumento de casos de Covid-19 num cenário em que a variante ômicron já é prevalente no Brasil.

“Infelizmente, ela [ômicron] já é prevalente aqui no Brasil, nós estamos assistindo o aumento de casos. E como em outros países que tem uma campanha forte como a nossa [de vacinação], a nossa expectativa é que não tenha um impacto em hospitalização e em óbitos”, disse a jornalistas.

No Brasil, o primeiro caso foi anunciado em 30 de novembro. A variante ômicron já representa 92,6% dos testes positivos para detecção de Covid no Brasil, indica levantamento feito por laboratórios.

 
0 Comentário