Valença do Piauí, 18 de jan, 2021

Pai e filho acusados da morte de Titico, se entregam à Polícia

Francisco de Assis Pio da Silva, o Titico

Pai e filho, acusados da morte do vereador picoense Francisco de Assis Pio da Silva (PP), mais conhecido como Titico Barbosa, se apresentaram à Delegacia Regional de Polícia Civil de Picos na manhã desta segunda-feira (22). Eles eram considerados foragidos da Justiça após serem apontados como principais suspeitos pela morte do vereador.

Josimar Holanda Nunes, o filho, e José Neto, o pai, chegaram à Delegacia Regional acompanhados de seu advogado, Nazareno Thé. Os dois prestaram depoimento e estão sendo transferidos para a Penitenciária José de Deus Barros nas próximas horas.

“Há uma grande movimentação na porta da delegacia, várias pessoas gritando e fazendo protestos”, informou o delegado ao Cidadeverde.com. Por volta das 10h da manhã, eles prestaram depoimento.

Titico Barbosa foi assassinado na noite do último dia 14 de outubro, na localidade Angical dos Domingos, a 20 quilômetros de Picos. A morte do vereador seria o estopim de uma discussão iniciada em um bar onde o parlamentar comemorava sua reeleição.

0 Comentário