Portal V1

Vereadora evita polemizar.

21/06/2009

 

A primeira secretária da Câmara de Vereadores, Ielva Melão do PPS não quis polemizar sobre a votação da Emenda Modificativa a Lei Orgânica Municipal, que regulamenta o seu Artigo 45, Inciso 5º, que trata sobre o pagamento dos subsídios dos vereadores convocados pelo município ou por outros órgãos da federação. Pela emenda esses órgãos ao convocar os vereadores terão que arcar com os subsídios dos mesmos. A vereadora lembrou que a emenda foi sugerida pelo próprio prefeito e apesar dos rumores de arrependimento, ela acredita que o Executivo não será o empecilho “não acredito nisso, pois o prefeito fez um acordo com a câmara, nos iremos cumprir com nossa parte e tenho certeza que o prefeito cumprirá com a dele” disse.

Ielva Melão fez questão de lembrar que os vereadores estão conscientes sobre a matéria “é uma questão de entendimentos, se o prefeito convoca um vereador nada mais natural que o mesmo arque com as despesas, o prefeito tem quatro vereadores, já pensou se ele convocar quatro suplentes para a câmara pagar” perguntou. A vereadora lembrou ainda que está tramitando no Supremo Tribunal Federal, a decisão sobre a inclusão ainda nessa gestão de dois novos vereadores no poder “se essas duas tendências acontecerem, o dinheiro da Câmara que já vai sofrer uma redução de 8 para 6% poderá ser dividido para 15 parlamentares” indagou.

Na sessão desta segunda-feira (22) serão votados na Ordem do Dia, o Projeto de Lei juntamente com suas emendas, que trata sobre a Contratação por Tempo Determinado e dar outras providências. A Segunda Votação da Emenda Aditiva, a Lei Orgânica Municipal em seu Artigo 186. E a Primeira Votação do Projeto de Lei, que dispõem sobre as diretrizes da Lei Orçamentária Anual (LOA). A sessão começa às 20h e será presidida pelo presidente Gilmar Bezerra Barbosa.

Compartilhe

Deixe seu comentário