Portal V1

Vereadores de Pimenteiras realizam 12ª sessão ordinária

21/08/2017

Vereadores de Pimenteiras

Os vereadores de Pimenteiras lamentaram nesta segunda-feira (21), durante a 12ª sessão ordinária a extinção da 55ª Zona Eleitoral anunciada pelo TRE-PI na semana passada. Pela decisão, a 55ª Zona Eleitoral de Pimenteiras será extinta e a cidade será incorporada a 92ª Zona Eleitoral que será sediada em Valença juntamente com as cidades de Lagoa do Sitio e Aroazes.

Nas falas, os vereadores lamentaram a decisão afirmando que a extinção é mais uma perda grande para o município. Os vereadores afirmaram que a Justiça Eleitoral não levou em consideração a extensão do município o que obrigará os eleitores de Pimenteiras a andarem mais de 100 km para resolver suas questões eleitorais em Valença.

Gilberto Soares afirmou que a extinção de zonas eleitorais vem acontecendo em todo o Brasil, o vereador solicitou a confecção de um documento para ser enviado às autoridades, onde o Poder Legislativo manifestará sua insatisfação com a decisão equivocada. 

Na sessão foi lido parte do Projeto de Lei nº 10/2017, que dispõe sobre a alteração da Lei nº 353/00, que trata sobre o Sistema Tributário do Município, que depois de lido será encaminhado para a CCJ. O projeto mereceu varias apartes dos vereadores, que concordaram sobre a necessidade de uma ampla discursão interna e com a população.

O vereador Toinzim disse que mesmo sem conhecer todo o teor do mesmo votará contra o projeto, que segundo o mesmo criará vários impostos. Ele ainda comentou sobre o estado ruim da estrada que dá acesso à localidade Oiti e sobre o atraso na construção da escola realizada pelo governo federal.

O vereador Zé Ota reclamou da burocracia existente na Justiça Eleitoral. Ele lembrou que há 25 anos, a Justiça Eleitoral percorria os interiores com mutirões de recadastramento e hoje esse serviço não é feito.

O vereador Gilberto Soares afirmou que o projeto não está sendo criado e sim reformulado. Para o vereador é preciso ver as mudanças que estão sendo propostas para poder votar o projeto.

O vereador Amysthânio também criticou o projeto e afirmou que o mesmo é apenas uma copia da cidade de Amarante. Os problemas com a iluminação da cidade e a conservação das estradas vicinais fizeram parte dos debates na sessão. A existência de um posto da Eletrobrás em Pimenteiras e a utilização das maquinas do PAC na recuperação das estradas foi solicitada pelos vereadores.

O vereador Reinaldo Paiva voltou a cobrar o retorno do sinal do Sbt na cidade, ele também demonstrou insatisfação com a qualidade dos serviços oferecidos pela operadora Vivo no município.

O passamento do senhor Antônio Merquiades foi lamentado pelos vereadores, assim como o da senhora Lurdes da comunidade Baixio que mereceu as condolências do vereador Jander Nogueira.

Na Ordem do Dia, o vereador Reinado Paiva aprovou por unanimidade os requerimentos solicitando a recuperação dos 7 km da estrada que dá acesso ao assentamento Acauã e a iluminação das comunidades Aguilhadas, Patis, Gracilância, Taboca e Buriti.

O presidente Rogério Mota convocou os vereadores para a realização na próxima segunda-feira (28) de uma reunião para discutir sobre o projeto que trata sobre o Código de Postura do Município.

Compartilhe

Deixe seu comentário