Portal V1

Vereadores de Pimenteiras realizam 14ª Sessão Ordinária

19/09/2017

Câmara Municipal de Pimenteiras

Nesta segunda-feira (18), os vereadores pimenteirenses reuniram-se para mais uma sessão ordinária do Poder Legislativo Municipal. Presidida pelo vereador Rogerio Mota e secretariada pelo vereador Reinaldo Paiva, a sessão contou com a participação dos vereadores Gilberto Soares, Amysthânio Alves, Toizim, Jander Nogueira, Zé Ota e Edvar João.

No expediente do dia estava a apreciação do veto do prefeito municipal ao Projeto de Lei nª 01/17 de autoria do vereador Reinaldo Paiva, que concede ao servidor publico municipal um dia de folga na data do seu aniversario.

O prefeito vetou o projeto por entender que os parlamentares não podem indicar projeto que tragam despesas para o munícipio. Para o chefe do executivo com a ausência do servidor, a prefeitura terá que colocar um substituto, o que acarretaria despesas.

Reinaldo Paiva discordou do Executivo afirmando a justificativa não condiz com a realidade. Ele citou as cidades de Campo Largo do Piauí, Buriti dos Montes, onde o projeto foi implantado por intermédio do Legislativo Municipal.

Após uma ampla discursão, o projeto recebeu quatro votos a favor da derrubada do veto (Reinaldo Paiva, Toizim, Jander Nogueira e Amysthânio Alves) e três pela manutenção do veto (Gilberto Soares, Zé Ota e Edvar João) com esses placar, o veto foi mantido, uma vez, que os votos contrários não somaram os dois terços necessários.

Os vereadores aprovaram ainda por unanimidade duas moções de pesar de autoria do vereador Amysthânio Alves aos familiares do professor Ayli Dantas e Lucimario Ferreira.

Na sessão foi lido e enviado as comissões Projeto de Lei 13/07 que institui o Fundo Municipal do Meio Ambiente e os de números 14/17 que institui a politica municipal de recursos hídricos no município e o de numero 10/17, que altera a lei 353/00, que versa sobre o sistema tributário do município.

Sobre esses projetos e os demais que tramitam no parlamento, o vereador Gilberto Soares afirmou que eles serão apreciados pela ordem de chegada. Ele também pediu que a assessoria jurídica participe da discursão dos projetos.

Os problemas com o transporte escolar esteve novamente na pauta dos temas mais debatidos na sessão. De acordo com os vereadores Toizim e Reinaldo Paiva, os proprietários dos veículos estão reclamando do atraso no pagamento, o que vem ocasionando muitos prejuízos aos alunos.

O vereador Gilberto Soares reconheceu a dificuldade, num entanto ressaltou que a questão envolve os transportes dos alunos do estado e não do município. Na discursão os vereadores Toizim e Amysthânio Alves ressaltaram os altos gastos da prefeitura com o aluguel de veículos. Amysthânio lamentou ainda o sucateamento da ambulância do município que poderia está servindo a população. 

O vereador Toizim disse que na próxima sessão irá fazer um requerimento solicitando a construção de redutores de velocidade nas ruas de Pimenteiras. Segundo o vereador, o desrespeito às leis de trânsitos está muito acentuado e que prefeitura precisa criar mecanismos de proteção como por exemplo, os redutores de velocidade em algumas ruas.  

O vereador Edvar João pediu a prefeitura restabeleça o quanto antes a questão da iluminação no município. Segundo o vereador a população vem pagando pelo beneficio mais não vem usufruindo da iluminação. Sobre o assunto o vereador Gilberto Soares afirmou que as equipes já estão fazendo a reposição das lâmpadas começando pelo Sitio das Onças e Curral de Pedras.

O presidente Rogerio Mota afirmou na sessão que a prefeitura precisa resolver a questão do transporte escolar não importando de quem seja a responsabilidade. Ele aproveitou para convidar os colegas para uma nova sessão informal na próxima segunda-feira (25) para a discursão dos projetos que tramitam no parlamento.       

Compartilhe

Deixe seu comentário