Portal V1

Vereadores voltam a se estranhar e sessão termina em quebra-quebra

25/11/2017

Câmara de Vereadores de Valença (arquivo)

Passados quase um ano de gestão, a presidência da câmara de vereadores de Valença ainda encontra dificuldades para gerenciar uma sessão ordinária. Apesar de estar tudo inscritos no regimento, a mesa diretora ainda encontra dificuldades para gerenciar a sessão e é sempre acusada de favorecimento a bancada da situação.

Nesta sexta-feira (24), os ânimos voltaram a se acirrar no parlamento, mais vez por falta de gerência da mesa diretora, que foi acusada pela bancada de oposição de reter seu direito de usar a tribuna.

Sem poder exercer esse direito sagrado de um parlamentar, a bancada reclamou e usou da força para exigir seus direitos. Resultado foram microfones quebrados e muitas agressões verbais que terminaram por interromper a sessão por falta de segurança.

Após a sessão, a vereadora íris Moreira gravou um vídeo reclamando da censura imposta pela presidência e lamentando a situação vexatória em que se encontra o parlamento de Valença outrora tão respeitado.

Entre outros assuntos, a vereadora iria comentar sobre a denuncia feita a Policia Federal nessa sexta-feira contra a secretaria de saúde, que segundo a vereadora pagou pelas reformas dos postos de saúde, antes de sua conclusão.

As notas foram assinadas pelo então ex-secretário Leonardo Nogueira, que retornou ao parlamento e ao contrario da vereadora teve o direito de usar da palavra. O vereador Leonardo Nogueira ainda não se pronunciou sobre as acusações feitas pela vereadora. Assista ao vídeo da vereadora Iris Moreira após a sessão.

Compartilhe

Deixe seu comentário