Portal V1

Vereadores discutem os salários dos eleitos em 7 de outubro

26/08/2012

Vereadores no plenario

A Câmara de vereadores irá aprovar nas próximas sessões o reajuste nos salários dos salários do prefeito, vice-prefeito, secretários municipais e dos vereadores, que tomaram posse a partir do dia 1º de janeiro de 2013, como determina a legislação, os salários devem ser votados pelos vereadores, antes da eleição.

Pelos projetos que já foi lido, o prefeito irá receber R$13.800 reais, vice-prefeito R$ 6.900 reais e secretários R$ 2.590 reais. Já os vereadores eleitos irão receber ao longo da legislatura R$ 6.600 reais. Presidente R$ 8.580 reais, vice-presidente 7.920 reais, secretario 7.520 reais observadas às receitas.

Compartilhe

5 Comentários

  1. Carmem Lucia em 27/08/2012 às 15:44

    Assisti um comicio onde o prefeito cita o nome de um candidato, de acordo com meus conhecimentos ele jamais poderia fazer isso, quanto gestor PÚBLICO ele não pode manifestar o seu interesse e fazer propaganda.

  2. fernanda maria em 28/08/2012 às 10:12

    Eta que estes belos salarios de vereadores deveriam ser dos professores.Pq realmente trabalham e a gente vê os resultados.e nao de vereadores q vao trabalhar apenas uma vez por semana.

  3. Vicente Macedo em 29/08/2012 às 11:35

    muito interessante em cidade em que muitos não tem se quer agua potável para beber, os pulíticos só estão preocupados é com seus gordos salários para os prósximos mandatários que depois de eleitos ou reeleitos aqueles que os elegeram que morram de fome ou de sede enquanto o sr. prefeito e seus auxiliares vão embolçar quase 14.000 e 7.000 respectivamente ou seja poucos com quase tudo e muitos sem nada o eleitor que se ferre.

  4. Carmem Lúcia em 29/08/2012 às 13:02

    Por falar em gestor público, eu vi um carro preto com adesivo do Sr. Valdefran com Dr. Jarbas, ele pode? Quanto Gestor do Hospital.

  5. Reginaldo p barbosa em 02/09/2012 às 10:03

    Eles geralmente faltam no dia de votação.No dia de votar seus salários, claro que vâo faltar também.

Deixe seu comentário