Portal V1

Vereadores rejeitam quadra e poço e entregam 3 milhões ao prefeito

01/11/2011

O dinheiro será gasto nos meses de novembro e dezembro

Sobrou para o Bairro Lavanderia e para Comunidade João Pires a queda de braços entre a Prefeitura de Valença e a Câmara de Vereadores, nesta segunda-feira, os vereadores Eliseu França, Ceiça Dias, Lindomar Amâncio, Valdefran Vieira e Pedro Ribalta aprovaram projeto da Prefeitura Municipal, que pedia uma suplementação financeira de 3.522. 976 00 (três milhões quinhentos e vinte e dois mil e novecentos e setenta e seis reais). A oposição formada pelos vereadores Joaquim Filho, Ielva Melão, Gilmar Barbosa e Tico Adriano votaram contra a suplementação afirmando que o dinheiro será usado apenas para pagamento de gratificações e de pessoal.

A vereadora Ielva Melão lamentou o fato da prefeitura não destinar parte desse dinheiro para a construção de obras como quadras poliesportivas estradas etc. a vereadora em conjunto com o vereador Joaquim Filho apresentou uma emenda destinando R$ 340 mil reais para a construção de uma quadra poliesportiva, no Bairro Lavanderia e a perfuração de um poço na localidade João Pires, que passa por sérios problemas de abastecimento d’água.

A emenda foi rejeitada pelos vereadores Eliseu França, Ceiça Dias, Lindomar Amâncio, Valdefran Vieira e Pedro Ribalta, que alegaram que o projeto não poderia receber emendas. A vereadora Ielva Melão tentou explicar para os demais colegas, que ao contrário do que foi informado pela prefeitura, o projeto poderia receber sim emendas e que era injustificável os vereadores da base aliada não apoiarem a construção de da quadra para o Bairro Lavanderia e a perfuração do poço para o João Pires.

O portalv1 ouviu o conselheiro do Conselho Regional de Contabilidade contador Geovane Vieira sobre a legalidade ou não das emendas ele afirmou que o projeto poderia sim ser emendado como afirmou a vereadora Ielva Melão. “Claro que pode, o Legislativo é quem diz onde os recursos devem ser investidos. O Executivo manda para câmara, mas o colegiado é quem sabe onde precisa mais” disse. “É complicado quando o Legislativo não conhece suas prerrogativas” completou o contador.

Seja o primeiro a comentar

Compartilhe

7 Comentários

  1. Maria do Socorro em 02/11/2011 às 09:17

    Não assití a Sessão da câmara mas ouvi alguns comentários a respeito do posicionamento da chamada “base aliada do prefeito” Elizeu, Lindomar, Ceiça Dias, Valdefran e o famoso Pedro Ribalta, o de estranhar é o vereador Lindomar que vive a apregoar q o lado dele é o povo, mas na hora das votações não vota para beneficiar o povo, só vota p beneficiar o prefeito e a sí proprio, é de se imaginar que as mudanças de posicionamento tem vantagem por trás. MAS LEMBREM-SE 2012 VEM AÍ.

  2. Tainá Sousa em 02/11/2011 às 13:21

    Ouvi ontem na radio do genro do prefeito que era um absurdo o fato dos vereadores da oposição não terem aprovado os três milhões. Como só tem uma radio eles falam o que querem. Felizmente temos o prtalv1. E por falar em radio a FM Cidade ta retransmitindo outra emissora. Ta na hora de denuncia para o Ministério das Comunicações porque radio comunitária não pode retransmitir outra emissora. Já liguei para a tia ANATEL através do 1331 falando dessa irregularidade. Além de proibir o retransmissão é vedado a pessoas com imunidade parlamentar (prefeitos, deputados e vereadores) a comandarem programas pois é campanha extemporânea passivo de denuncia na Justiça Eleitoral

  3. Daniel Sousa em 03/11/2011 às 08:07

    Eu quero saber com que cara esse vereadores vão pedir votos no bairro Lavanderia e no João Pires, mas com 3 barão e meio dar pra fazer uma boa campanha eleitoral em 2012.
    O vereador que faz programa de rádio realmente é espertim pois manipula os eleitores todo dia com seus dicursos na rádio, cabe os outros vereadores que são os maiores prejudicados denunciarem ao TRE, em 2012 vamos votar em vereadores que tenha pelo menos o mobral pq desse jeito num tá dando não, os caras pintam e bordão e ninguem faz nada pow!!

  4. Marcus Valerio em 03/11/2011 às 10:23

    O povo de valença precisa fazer uma reflexão sobre o papel dos vereadores. Que tipo de representante queremos? não podemos aceitar que a ignorancia ou a submissão sejam utilizado como argumento para não defender os interesses da sociedade sobretudo dos mais necessitados. Nesse episódio da reformulação do orçamento por crédito adicional pelo exesso de arrecadação, ficou claro que os vereadores da base aliada do prefeito estão iludindo a boa vontade do povo ao apresentar requerimentos pedindo calçamentos, reformas de quadras, até tampa de caixa dágua já foi pedido, todos esses requerimentos geralmente são aprovadas, o que não acontece é o atendimento, o executivo sempre reclama que não pode atender os pedidos dos nobre edis por falta de verba. ez que surgi a oportunidade desses mesmos vereadores de verem seus pleitos atendidos e se negam a fazê-lo, sob a alegação de que não podem alterar um projeto de reformulação orçamentaria encaminhada pelo prefeito que sugeriu que esse provavel exesso de arrecadação que soma a cifra de R$ 3.500.522.976,00 ou seja mais de três milhões e meio seja autorizado pela camara para gastos com diarias, pessoal e encargos. Esse valor é mais que suficiente para atender todas as solicitação dos vereadores. Isso me leva a crer que esses requerimentos são feitos apenas para satisfazer o ego de quem na rua imcomodou o nobre vereador na sua passagem e fez o apelo, não sendo de interesse do vereador, mas como apresentou o requerimento vai ter discurso para o proximo comicio da sua rua. Isso precisa ser avaliado.

  5. Franklin Mendes em 03/11/2011 às 11:36

    Que falta nesta cidade? … Verdade.
    Que mais por sua desonra? … Honra.
    Falta mais que se lhe ponha? … Vergonha.

    O demo a viver se exponha,
    Por mais que a fama a exalta,
    Numa cidade, onde falta
    Verdade, honra, vergonha.

    Quem a pôs neste socrócio? … Negócio.
    Quem causa tal perdição? … Ambição.
    E o maior desta loucura? … Usura.

    É com esse poema de Gregório de Matos, o Boca do Inferno que consterno o repudio do povo velençano em relação a esses que se acham dono de valença, tenho muitos amigos no João Pires que compartilham o mesmo sentimento em relação a essas maracutais feitas pensando só no próprio, umbigos deles.Estamos de olho.

  6. Marina Rodrigues em 03/11/2011 às 22:25

    Concordo com o marcus. Eu li aqui no portalv1 o vereador Eliseu pedir a pavimentação da ruas do pueirao e tem a oportunidade de assegurar essa obra e embarca na conversa do prefeito de que não pode apresentar emendas. Historia que o Geovane desmentiu na matéria. O prefeito colocou sua base contra a população que por sua vez não irá reagir porque está sendo beneficiada com essa ou aquela ajudinha. Nós do Lavanderia estamos esperando vcs beijos

  7. FRANCISCO em 07/11/2011 às 23:32

    E UMA LASTIMA OS NOSSOS REPRESENTANTES

Deixe seu comentário