Portal V1

Fotos: Acidente entre moto e bicicleta deixa quatro feridos em Valença

10/12/2010

Avenida XV de Novembro

Um acidente na Avenida XV de Novembro (próximo ao Campus da UESPI), entre uma moto XLR NIJ-7774 de Teresina e uma bicicleta deixou um saldo de quatro pessoas gravemente feridas na manha desta sexta-feira (10) na cidade de Valença.

De acordo com informações da Policia Militar, o acidente aconteceu quando a moto que era ocupada por três pessoas ao mesmo tempo identificadas como: Alan Alves (piloto), Nailson de Sousa e Eufrásio (caronas) não conseguiu se desviar de uma bicicleta conduzida pelo senhor Antenor Gonçalves de Sousa.

Após o acidente as vitimas foram socorridas pela policia militar e levadas para o hospital regional de Valença, que após exames preliminares resolveu encaminhar uma das vitimas (Eufrásio) para Teresina. Os outros estão em observações e poderão ter o mesmo destino. Um dos dedos de uma das vítimas ficou preso nas ferragens da moto.

.

Fotos: Raimundo Barbosa

Compartilhe

4 Comentários

  1. Francisco Alves em 11/12/2010 às 09:39

    Era uma vez, um reino encantado muito lindo que ficava em planeta muito distante, em uma galaxia nos confins do universo.
    Esse reino era habitada por pessoas empobrecidas e muito mal governadas pois tinha como rei um tirano que perpetuava-se no poder a muitos e muitos anos. Essa civilização era muito parecida com a nossa tinha uma tecnologia parecida, pois bem, mas esse reino era ilhado, pois o tirano tinha medo de dar estudo para o povo, saúde, educação, trabalho. Pois em seu enteder, se as pessoas tivesse isso de graça, pararia de idolatra-lo e poderia se revoltar contra ele e assim tira-lo do poder que ele tanto amava, mas no meio de tanta gente empobrecida existia alguns idealistas pois sempre há um ou outro que não se deixa levar.
    Um dia passando por uma rua um desses idealistas se depara com um acidente muito parecido com esse da reportagem acima e ele viu que os soldados do castelo colocava os acidentados em cima de umas tábuas outro em cima de uma porta velha pra levar para o hospital na carroceria de uma caminhonete, não por maudade dos soldados, pois era a única coisa a fazer diante do ocrrido e sem a estrutura o jeito era fazer aquilo mesmo, nesse mometo ele pensou, por que aqui no nosso reino não existe um serviço móvel de urgencia? E aquilo passou o dia todo martelando em sua cabeça, pensou, pensou e chegou a conclusão que seria o seguinte: Se não tiver uma ambulancia quando acontecer um acidente desses o pai do acidentado ao chegar no hospital e ver o filho em estado grave, se depara com o médico que diz, só tem geito em outro reino, aqui não resolve e o pai pergunta e como fasso? Não sei tem que levar mas a ambulancia ta sem combustível ou então tá viajando, qual é a alternativa dessa pessoa? Ela pensa, pensa e no meio do desespero só tem uma coisa a fazer, vou pedir um favor ao rei, chega lá o rei jÁ sabe o nome até do acidentado, pois algum babão já foi correndo contar, ele olha e diz fulano rapaz, eu já soube, mas não precisa se preocupar, eu num posso nem fazer isso mas sendo pra vc, é agora, o coitado na sua ignorância já se sente prestigiado, então enche o tanque da ambulancia a qual foi feito com o dinheiro do imposto pago pelo plebeu e empurra o acidentado para outro reino mais desenvolvido, lá é tratado e volta para casa salvo e com o pai a mãe os irmão as vezes uma tia achando q tá devendo um grande favor ao rei, favor esse que será pago no dia da grande festa, que acontese a cada 4 voltas ao sol, quando o rei distribui pão e água para os famintos e recebe a aprovoção dos seus súditos.
    Isso poderia ser resolvido se aquele serviço móvel de urgencia fosse adquirido que naquele planeta tem o nome de SAMU, mas aí ficaria ruim para o rei pois as pessoas deixaria de procura-lo pois bastava ligar para o 192 e teria toda a locomoção sem precisar pedir favor a filho da p… nenhum.

  2. muito linda sua mensagem francisco, e comcordo plenamente com vc, mas o problema e q o povo de valença prefere esta vendo estas cituações acontecer do que evitar

  3. Marcos Roberto em 11/12/2010 às 14:24

    Rapaz, em partes eu concordo com você,mas sua escrita é péssima, amadora,sem contar os imperdoáveis erros gramaticais, coisa comum num país subdesenvolvido. Quero lembrar-lhe que não sou súdito do rei, nem contribuí para seu governo, porém para nossa infelicidade,o SAMU só pode ser implementado em cidades com pelo menos 50 mil habitantes, realidade distante do reino. Portanto, a polícia vai continuar tendo que improvisar,mais pessoas morrerão por conta da imprudência,o rei e seu governo continuarão se omitindo e a massa de manobra não terá mudanças aparentes.

  4. Francisco Alves em 13/12/2010 às 09:00

    Floriano, Oeiras, São Francisco do Piauí, Simplício Mendes, São João do Piauí, Dom Inocêncio, São Raimundo Nonato, Anísio de Abreu, Caracol, Curimatá, Bom Jesus, Corrente, Gilbués, Santa Filomena, Ribeiro Gonçalves, Eliseu Martins, Bertolínea, Uruçuí, Guadalupe, Itaueira e Canto do Buriti.

    Meu amigo Marcos, todas essas cidades aqui em cima vão receber ambulâncias do SAMU, sei que algumas delas tem mais de 50.000 habitantes mas muitas delas num é nem do tamanha do Novo Horizonte, se no reino não tem é por falta de interesse mesmo.
    Quanto a escrita da próxima eu melhoro só pra vc.

Deixe seu comentário