Portal V1

Ministério Público de Valença instaura inquérito para apurar locação de tendas

25/06/2020

O promotor Rafael Maia Nogueira da 2ª Promotoria de Justiça de Valença do Piauí instaurou o Procedimento Administrativo 52/2020 para apurar supostas irregularidades na locação de tendas, mesas e cadeiras as quais teriam sido instaladas nas agências da Caixa Econômica (04 tendas) e Banco do Nordeste (01 tenda) pela Prefeitura de Valença para evitar aglomerações e impedir a disseminação do Coronavírus, no valor de R$ 139.500,00.

O valor gasto pela prefeitura na locação das tendas gerou uma grande repercussão no meio político e social de Valença e em todo o estado, devido aos valores considerados incompatíveis com os praticados no mercado.

A denúncia foi feita inicialmente pelo vereador Vanildo Castro nas redes sociais e a expectativa é que o assunto seja levado ao plenário na sessão dessa sexta-feira (26) da Câmara de Vereadores. Desde a semana passada, a tenda que fica em frente ao Banco do Nordeste foi retirada. Acesse aqui o documento

Compartilhe

Deixe seu comentário