Valença do Piauí, 14 de jun, 2021

Presidente do Sindserv fala sobre pagamento de dezembro e cobra ex-secretários

Presidente do SINDSERV Carlos Wagner

O presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais (Sindserv), Carlos Wagner, revelou nessa sexta-feira (11), a negociação do Sindserv com a Prefeitura de Valença em relação ao pagamento de dezembro e o 13º salário do ano passado que não foram pagos pela gestão anterior.

O presidente foi a FM Cidade responder a vereadora Walmaria Moura (PTB), que nessa semana foi a emissora discordar dos parcelamentos e acusar o Sindserv de partidarismo político.

Carlos Wagner mostrou um histórico de reivindicações feitas ao longo das gestões até então e informou que em nenhum momento a vereadora procurou o sindicato para informar sobre as negociações em andamento, deixando uma impressão que ela procurava apenas mídia, uma vez que ela foi secretária da gestão anterior e na época não mostrou essa preocupação com o servidor.

De acordo com Carlos Wagner, o prefeito Marcelo Costa confirmou a ele que a divisão do débito em 42 meses é a forma segura do município garantir o pagamento, no entanto, o prefeito garantiu ao presidente que o débito será quitado em 12 meses.

A dívida com os servidores municipais aconteceu depois que a ex-prefeita Ceiça Dias desviou para outros fins, no dia 31 de dezembro, o montante R$ 1.274.631,39 da conta Fundeb.

Carlos Wagner terminou a entrevista afirmando que a vereadora Walmaria Moura tem uma boa oportunidade para demonstrar que é verdadeira a preocupação com os servidores.

Ele lembrou que a vereadora foi condenada pela Justiça em maio último a devolver R$ 133.188,84 recebidos indevidamente quando ocupava a Secretaria de Administração na gestão Ceiça Dias, assim como pediu que ela intervenha com os outros secretários beneficiados com mesmo dinheiro, cujo valor R$ 468.756,23 daria para pagar boa parte da dívida.

0 Comentário