Portal V1

Eletrobras Piauí explica a redução nos valores das bandeiras tarifárias

01/02/2016

A Eletrobras Distribuição Piauí explica que mudanças haverá na conta de energia depois da Agência Nacional de Energia Elétrica-Aneel reduzir os valores das bandeiras tarifárias vermelha e amarela. A decisão da Aneel ocorreu na última terça-feira (26), após audiência pública realizada no período de 17/12/2015 a 17/01/2016.

A partir do próximo dia 1º de fevereiro, a bandeira vermelha passa a ter dois patamares: o primeiro valerá R$ 3,00; e, o segundo, R$ 4,50, cobrados, proporcionalmente, a cada 100 kWh (quilowatt-hora) consumidos. A bandeira amarela passa de R$ 2,50 para R$ 1,50, também aplicada a cada 100 kWh.

Somente a partir da próxima sexta-feira (29), a Aneel determinará qual patamar da bandeira vermelha será usado em fevereiro de 2016. A indicação é que será no patamar 1, representando uma redução de 33% no valor da bandeira vermelha.

Segundo a Agência Reguladora, a bandeira poderá chegar à amarela a partir de março, quando as termoelétricas mais caras devem ser desligadas.

De acordo com a assistente da diretoria Comercial da Eletrobras Distribuição Piauí, Rafaela Moreira, no Estado, o consumidor notará uma redução de cerca de 3% no valor da tarifa. “Como a fatura é composta pelo consumo proporcional em cada mês, provavelmente, o consumidor só sentirá a diminuição do valor da bandeira no fim de fevereiro”, explica.

O Sistema de Bandeiras Tarifárias é utilizado desde janeiro de 2015, por todas as concessionárias conectadas ao Sistema Interligado Nacional-SIN, para o Governo Federal custear o uso das termoelétricas, medida necessária devido à baixa geração de energia por usinas hidrelétricas por consequência da estiagem.

Apesar da redução, a Aneel alerta aos consumidores que o fato da bandeira continuar vermelha indica que a energia encontra-se com alto custo de geração, por isso, devem ser mantidos o uso eficiente e o combate ao desperdício de energia elétrica.

Veja como funcionarão as faixas de acionamento das bandeiras tarifárias a partir de 1/2/2016:

Verde (sem custo extra): geração térmica até R$ 211,28/MWh;

Amarela (R$ 1,50 a cada 100 KWh): geração térmica de R$ 211,28/MWh a R$ 422,56/MWh;

Vermelha:

–  Patamar 1 (R$ 3,00 a cada 100 KWh): geração térmica de R$ 422,56 até R$ 610/MWh;

– Patamar 2 (R$ 4,50 a cada 100 KWh): geração térmica maior ou igual a R$ 610/MWh.

image001

Compartilhe

Deixe seu comentário